Unifan-1230×130

Foto: Divulgação

De tantas mudanças realizadas no Goiás após a saída do antigo diretor, tanto de diretoria quanto de elenco, nenhuma tem sido mais relevante que o Departamento de Marketing do Verdão. Tendo como figura principal o gestor João Grego, e sendo auxiliado por uma equipe que visivelmente entrega resultados, este departamento esta realizando mudanças significativas, alavancando a imagem do clube.  Com inúmeras ações, não nos resta dúvidas que a profissionalização do setor com um gestor experiente, tem rendido bons frutos. O sucesso dessa equipe, muito se dá também por entender a demanda e desejos do torcedor.

O trabalho tem conseguido reaproximar clube e torcida. Depois de dois anos com campanhas fracas no Brasileiro, logo após assumir, João e sua equipe, promoveram ações que relembrassem a identificação e importância dos torcedores para o clube, e a campanha “O Meu Goiás Vai Virar o Jogo” levou quantidade significativa de torcedores aos estádios, o que ajudou na permanência do clube na série B. Ações estendidas para esse ano, como evento musicais pré-jogo e as bazucas de camiseta, assim como as cobranças de pênalti nos intervalos que entregam camisas oficiais, camisas estas que muitos torcedores não conseguem comprar devido ao alto valor (lembrando que o Empório Goiás é terceirizado e o Sócio Torcedor não é gerido pela equipe de Marketing), mostram ao torcedor que o Goiás esta preocupado com a satisfação do torcedor ao ir ao estádio.

Como marco dessas ações, agora nesta ultima quarta-feira, 07/03/2018, no jogo contra a Anapolina, foi realizado um sorteio para levar um torcedor com acompanhante para acompanhar o time no jogo de volta da copa do Brasil contra o Coritiba. Quando pensaríamos que o Goiás promoveria ações como essa? Esse tipo de inovação nas campanhas mostra a importância do apoio da torcida.

Outro fator positivo é a importância dada a questões sociais. Após o evento constrangedor em um programa televisivo com nossa musa, Karol Prado, o clube se posicionou claramente avesso a qualquer tipo de assédio e abuso contra as mulheres. E neste dia 08/03, dia Internacional das Mulheres promoveu o Dia da Mulher do Verdão, com debates de idéias e um momento para confraternizar.  Em um jogo em Anápolis, cidade em que resido e que tem certa resistência ao Goiás, no intervalo, foram sorteadas para ambas torcidas pela equipe do Goiás, camisetas com o emblema dos dois clubes com a frase “Nada pode abalar a paz nos estádios”, mostrando mais uma vez preocupação com questões sociais relevantes. Isso gera empatia, e um clube do tamanho do Goiás dentro do estado, precisa gerar esse tipo de sentimento em seus conterrâneos.

Não consigo destacar pontos negativos na gestão do João Grego e sua equipe até este momento. Precisamos apenas parabenizá-los e apoiá-los como maneira de retribuição pelo que tem feito pelo clube e pela torcida. Essa equipe tem mostrado pra nós que o futebol não se resume as quatro linhas e que a valorização da marca gera boas expectativas na torcida, nos jogadores e também na diretoria. João veio para quebrar um paradigma, fazendo aquilo que todos falam e ninguém faz.

 

Parabéns João Grego e equipe de Marketing do Goiás.

lucas
lucas
Autônomo , pai e esposo apaixonado pelo Goiás.

9 Comentários

  1. Luiz Carlos disse:

    É um bom começo, que deve vir acompanhado de uma profissionalização a longo prazo do Departamento de Futebol!
    Ótimo artigo, meu amigo!

  2. Luciano disse:

    Evidente que um time bastante qualificado é o principal.
    Mas ações de marketing inteligente e eficiente desde a gestão do sr. Marcelo são fundamentais. Parabéns a esse João e demais diretores dessa área.
    Uma coisa é uma coisa. Outra coisa é outra coisa. Ações assim não gastam tanto dinheiro, atraem o torcedor e valorizam a marca Goiás. O pouco dinheiro gasto nao está tirando dinheiro de contratar craques pro time.
    Que continue essas Ações. Eles vão ajudar o time a ser respeitado no âmbito nacional

  3. Guilherme disse:

    Diretor sujo de tatuagens. Que horror.

    • Marcos Portilho disse:

      Qual o problema?

    • Felipe_SKR disse:

      Para de ser preconceituoso idiota porque o cara tem tatuagem esse não presta. que coisa escrota esse de ele está “sujo” que pensamento tosco, olha o trabalho que ele está fazendo no clube é de se aplaudir ..

    • lucas disse:

      Meu caro, me causa profunda infelicidade que diante de tamanho trabalho com excelência o senhor tenha os olhos fixos em preconceitos arcaicos e vazios. Espero que tenha um vida longa e mais profunda.

  4. Márcio Rosa disse:

    Acho que todo esforço é válido, mas a principal ação pra reaproximar a torcida do time, é montar uma equipe decente, que nos dê orgulho e que volte a disputar a série A em 2019. 40 anos torcendo e frequentando o estádio, confesso que nunca vi uma equipe tão ruim como a do ano passado. Que 2018 possa ser um ano de conquista. Não se iludam, o time precisa de reforços. Campeonato goiano não serve de base pra nada.

    • Marcos Portilho disse:

      Amigo, todos estamos cientes do principal objetivo do Goiás nesse ano. Isso é fato. Mais o texto do Lucas foi feito para enaltecer algo que era muito cobrado por nós, torcedores, e que agora é realidade. Precisamos reconhecer o que é certo, e o trabalho do João Grego nesse momento merece todos os elogios possível.

  5. Caio Jr. disse:

    Concordo Lucas, e que isso se reflita nos demais departamentos, principalmente o de futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *