Acesso para a Série A em 2019 pode render quantia milionária; veja os valores

Unifan-1230×130

Foto: Divulgação/GEC

De acordo com o site da Rádio Sagres 730, o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro em 2019 pode render uma quantia milionária para os cofres dos clubes. O Goiás que é um dos clubes que estão no páreo para garantir sua volta à elite e caso consiga: os valores podem superar a casa dos R$ 70 milhões.

Atualmente, o valor pago pela televisão de cada clube da Série B é de R$ 6,5 milhões. As únicas exceções desse montante são o Goiás e o Coritiba. O clube esmeraldino recebe em torno de R$ 26 milhões como cota.

Ainda para a Rádio Sagres 730, o ex-presidente do Vila Nova chegou a revelar que o contrato de venda dos direitos de transmissão do Brasileirão Série B para o exterior será de 200 milhões de dólares, cerca de R$ 744 milhões na cotação atual. Com o novo formato de distribuição, as equipes como o Atlético, Goiás e Vila Nova podem receber, em caso de acesso cerca de R$ 20 milhões somente nesse acordo internacional.

Além dos acréscimos substancial dos valores de direitos de transmissão, o acesso também poderá aumentar a receita dos times nos programas de sócio-torcedores, ingressos comercializados, venda de material oficial e também por busca por patrocínios.

felipelemos
felipelemos
Jornalista formado, Social Media e Radialista, tenho 28 anos e estou no Portal Esmeraldino.com desde 2013 cobrindo o Goiás. Com passagens pelos sites: CalcioNews24.com(Itália), Torcedores.com. Contato: felipe.fornielles@gmail.com

2 Comentários

  1. Tercio disse:

    Se tudo continuar indo bem como está, o Verdão deverá subir para a série A. Só não pode é perder mais pontos em casa e para times que estão na zona de rebaixamento.

  2. Márcio Rosa disse:

    Ou seja, um time como o Goiás, somadas todas as receitas, vai passar de 100 milhões por ano e se ficar na série B, receberá míseros 6,5 milhões. Não podemos nem imaginar ficar na série B, seria como decretar a falência do verdão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *