Diretoria esmeraldina, abre a dinâmica da ilusão!

Unifan-1230×130
aguia-1
kart-passeio

Sonhar é um direito inerente à alma humana, mas nem sempre o sonho corresponde à necessidade lógica da natureza das coisas. O Goiás Esporte Clube que nasceu de um sonho de 33 torcedores, ganhou projeção estadual, Nacional e Internacional. Havia um sonho inebriante que injetava um orgulho típico do povo brasileiro que se entrega a empáfia de ser o melhor inquestionável!

Talvez, hoje possamos aprender algo sobre o ato de sonhar – não devemos confundir sonho com devaneio! O sonhador analisa o que está errado e encara os erros para focar nos consertos de concretizar seu desejo. O atual comando do (leia-se Hailé Pinheiro) criou um mito de que é intocável e perfeito com a precisão matemática de um professor que se embriagou de empáfia.

Realizar ações sem critérios e que, no mínimo, deveriam ser avaliadas, como a contratação de jogadores e treinadores no atacado, a imposição de “gestores” de futebol sem qualificação alguma para o desempenho da função, a perseguição a todos que tentam se opor a seus desmandos, fez com que aquele que um dia foi o maior clube do Centro-Norte do Brasil se tornasse um clube “queimado” no cenário nacional.

Existe um fato histórico que poderá nos ensinar algo interessante sobre o banho frio que precisamos tomar para quem sabe acordar enquanto há tempo.

Um antigo navegador ao chegar com seu navio para tomar posse de uma determinada terra acabou se deparando com um problema sério – seus tripulantes estavam amedrontados, pois, a terra era de canibais e teriam que lutar. Diante do acovardamento de seus homens o capitão resolveu atear fogo no navio. Os homens para não serem queimados pularam na água, para não morrerem afogados nadaram até a ilha e para não serem comidos pelos canibais lutaram e conquistaram a terra. Esta antiga história ilustra bem a necessidade do Goiás Esporte clube hoje – conseguir um comandante que aprenda a projetar seus marinheiros (técnico e jogadores) para a vitória.

Se não queimarmos navios, o Goiás jamais voltará a ser o time que um dia chegou a ser, brigando para estar entre os primeiros, na elite do futebol brasileiro. Queimar o navio do orgulho e achar que não erra, queimar o navio da falta de competência técnica, enfim, são muitos navios que obrigarão nossos jogadores a enfrentarem os adversários canibais que em diversas partidas jantaram nosso orgulho enquanto nadávamos contra a correnteza!

Cornetadas

 

Será difícil entender que esta direção não tem a alma do Goiás Esporte Clube e que não consegue ser o capitão deste navio? Que não consegue perceber que para chegar e conquistar até onde chegou foi uma luta? Que manter-se no poder apenas por capricho apenas desmerece este esforço histórico?

Será que o foco não festá sendo muito exacerbado para os técnicos, e pouco se percebe a fragilidade da preparação física do clube?

Sobre a Manutenção de Osmar Lucindo a frente do departamento de futebol do Goiás agora com o “reforço” de Ediminho Pinheiro, sinceramente não irei tecer qualquer opinião pois essas duas figuras não merecem.

Entre o adágio e o presságio ficaremos com a incerteza, se o Goiás realmente chegou no fundo do poço.

 

 

Tales Clemente, apaixonado pelo verdão desde 1986.

12 Comentários

  1. CESAR PETRI disse:

    FRAQUISSÍMO O MICALE, NÃO TA COM NADA, FRACO FRACO, MAIS UM ATESTADO DE IMBECILIDADE DOS NOSSOS MÍSEROS DIRIGENTES.

  2. Edival Rodrigues disse:

    A se definir a contratação do Rogério Micale, será o atestado definitivo do amadorismo dessa gestão. Com todo o respeito pelo treinador em questão porém o mesmo, pouca ou nenhuma experiência possui quando o assunto é futebol profissional adulto e em especial na série B do brasileiro que é um campeonato atípico.
    Caso ele assuma o Goiás e que seja mantido esse mesmo plantel(mesmo com a chegada do Andrezinho), não é difícil se prever que ele(nós) perderemos mais umas três e ele será demitido como os anteriores.
    A única definição que me vem a cabeça a respeito do Dr.Rassi e seus auxiliares, é demência coletiva.

  3. CESAR PETRI disse:

    TUDO COMO ANTES COMO JÁ SABÍAMOS, VÃO ESPERAR PERDER MAIS UMAS TRÊS PRA MUDAR DE NOVO.

    CAMBADA QUE NÃO VALEM UM VINTÉM.

  4. Eddie disse:

    Essas múmias velhas! Clube ransoso! Arcaico! Acabaram com o Goiás! Renovação já! Profissionalizar todos os setores!Nada do Goiás! Tudo para o Goiás! Larguem o osso seus velhos desgraçados!

  5. Ary disse:

    Bom dia meus amigos!

    É notório a falta de comando e o amadorismo dentro do Goiás ! Se analisarmos bem isso se agravou desde o início da gestão do Sergio Rassi.
    A ideia de contratar o Rogério Micale demonstra o quanto esta diretoria está totalmente perdida. O Micale não tem experiência alguma , nunca dirigiu um clube se quer de série D.

    O Goiás necessita URGENTE de um treinador porém se é para trazer o Micale , é melhor manter o Silvio Criciúma.

    É amigos , a coisa vai de mal a pior e nao existe ninguém da diretoria com um mínimo de capacidade para reverter tal situação .

    Vamos 🙏🙏🙏

  6. JCS disse:

    CADÊ O WILLIAMS CONTRATADO RECENTEMENTE?

  7. JOP disse:

    É revoltante ver o que essa família Pinheiro vem fazendo com o Goiás nos últimos anos. Estão acabando com o clube, manchando sua história de uma maneira vergonhosa.
    SR, HP e OL são figuras hipócritas, incompetentes e nojentas que não têm o mínimo de hombridade e de respeito pelo Goiás Esporte Clube.

  8. Torcedor Pilhado disse:

    Quando fiquei sabendo que o Ediminho vai ficar junto com o Osmar Lucindo lembrei dá dívida que o Goiás contraiu porque travou uma briga com o Corinthians pra não cair pra série B. Lembro que naquele ano o Ediminho rasgou um monte de dinheiro do Goiás pra não cair pra B. Inter, Botafogo, Vasco fizeram a festa. A partir deste ano o Verdão afundou em dívidas e nunca mais conseguiu ficar mais de três anos consecutivos na série A. Se o Goiás não conseguir disputar a série A em 2019 e perder a cota da TV será o fim do Goiás. O bom é que não teremos o desprazer de ter os pinheiros no Goiás. O time deixará de ser atrativo pra eles e ficará quase impossível pagar esse monte de puxa saco sem a grana da TV. O ruim é que será muito difícil erguer esse time. Terá que renascer das cinzas.

  9. Tercio disse:

    Gostei da matéria do Tales. Más, voltando àquela máxima de que “o pior cego é aquele que não quer enxergar”, vislumbro que a diretoria do Goiás não admite os seus erros e continua errando. Isto na verdade é um sinal de incompetência, prepotência e burrice mesmo.
    O pior é que todos nós que amamos o clube, ficamos inertes sem poder fazer nada, pois não temos direito a voto nas eleições e eles (a família Pinheiro) elegem sempre seus comandados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *