Goiás vence a Aparecidense e segue na liderança do Goianão

Unifan-1230×130

O Goiás conquistou mais três pontos na caminhada pelo Campeonato Goiano de 2018. Com gol do atacante Lucão, o time esmeraldino derrotou a Aparecidense por 1 a 0 e segue na liderança do estadual. Foi o terceiro gol do jogador com a camisa do Verdão.

A equipe de Hélio dos Anjos segue na 1ª colocação, agora com 16 pontos ganhos. A próxima partida do Verdão será contra o Anápolis, na próxima quarta-feira (14), ás 21h45, no estádio Jonas Duarte.

Jogo começa morno, mas Lucão deixa o dele

A partida na Serrinha começou bem morna. Os dois times pareciam estar bem desgastados e não atacavam com muita facilidade. O Goiás até tentava, mas parava na marcação eficiente da Aparecidense. Logo no começo, o lateral Alex Silva se machucou e teve de sair para a entrada de Caíque Sá.

A primeira chance começou com o lateral estreante. Caíque Sá cruzou na área e a defesa afastou, no rebote, Felipe Garcia mandou por cima do gol de Busatto. O jogo foi se caminhando para o fim do primeiro tempo, quando Giovanni encontrou Lucão com um belo passe, ele driblou o goleiro Busatto, e quase desequilibrado, conseguiu tocar para as redes: 1×0.

A Aparecidense respondeu com Uederson tirando a marcação e batendo forte na bola, mas por cima do gol. O primeiro tempo terminou com o time esmeraldino na frente e sem muito trabalho para manter o placar.

Goiás domina, mas perde muitos gols

O Verdão parecia estar jogando sozinho, pois estava no ataque durante todo o tempo na etapa final. Michael teve a primeira grande chance de marcar quando recebeu ótima bola de Léo Sena em velocidade, mas o chute foi em cima de Busatto. Lucão se irritou, pois queria o passe.

Depois, Michael teve outra grande oportunidade. Ele limpou o zagueiro da Aparecidense e bateu cruzado, para outra boa defesa de Busatto. João Afonso tentou uma finalização que passou perto da trave logo depois. O jogo seguia muito complicado para o Camaleão e tranquilo para o Goiás.

O meia Thalles também teve uma oportunidade de marcar. Ele recebeu na entrada da área e obrigou o goleiro Busatto a fazer mais uma defesa. A pressão seguiu até o final, mas o Verde não conseguiu marcar e o placar terminou em 1 a 0.

9 Comentários

  1. Gilberto Barros Vieira disse:

    A conclusão é só uma! Você tira o Carlos Eduardo, o resto dos nossos atacantes são uma piada. O meio de campo, marca mal e não cria nada. A defesa precisa ser reforçada. E que Deus nos ajuda, porque com esse elenco não dá para subir.

  2. Torcedor Pilhado disse:

    Venceu mas não convenceu nem os mais inocentes!
    Continuo batendo na mesma tecla que o time não tem preparador físico e o treinador e fraquíssimo!
    Não vi nada que me chame a atenção pra melhor! Tem uma defesa mal postada, um pé de ferro horroroso,
    muitos erros de passe, falta criatividade no meio campo, e quando finaliza é um horror! O tal do porrinha quer
    chutar todas e erra todas, nunca olha um companheiro melhor colocado. Não é um time coletivo e sim um amontoado
    de jogadores. Não se vê uma movimentação inteligente, a ocupação dos espaços vazios não existe. E o principal, falta pernas
    falta pulmão, falta até vergonha na cara dessa Diretoria que continua cometendo os mesmos erros. Pra quem é ultrapassado
    no futebol está perfeito. O preparador físico está fazendo o seu melhor(insuficiente), o treinador o máximo que consegue(incapaz).
    Parabéns ao Sr. Hailé que conseguiu reunir tanta gente ruim sob a sua batuta. Posso até ser exigente, mas não consigo mais ver os
    mesmos erros.

  3. luciano disse:

    Todo time grande coloca time misto ou pouquíssimos titulares 1x por semana nos jogos de janeiro e fevereiro. Quando vai chegando próximo as semi dos estaduais ou em jogos decisivos (copa do Brasil e libertadores) é que colocam força máxima. Justamente pra preparar, dar tempo de ensaiar jogadas, preservar pra temporada, etc.
    Alex já vinha sentindo a musculatura no final dos últimos jogos do Goiás. Por que não colocou Caique antes?
    E o Breno? Bota pra jogar contra o Anápolis. Não é possível que não recuperou da lesão da pré-temporada e não entrou em forma ainda.
    Pra que colocar Leo Sena todos os jogos? Daqui a pouco ele arrebanta a musculatura e fudeu de vez. Tem Elyeser, Bambu ou Resende pra segundo volante pra jogar.
    Deixa o Tales jogar mais como meia armador no lugar do Giovanni. Enquanto Tiago não chega pra revesar nessa posição. Nós torcedores precisamos saber se Tales dá conta em 2018. Até pra ele desenvolver mais.
    Contra ANÁPOLIS, GRÊMIO, ITUMBIARA, IPORÁ, ANAPOLINA E RIO VERDE são amistosos de luxo. GOIÁS precisa jogar com time misto e alguns quase todo “reserva”. Só Atlético tem que jogar com time completo pra bater em bêbado.
    O restante dos jogos serão decisivos.
    Hélio, deixa o ERRO em 2017…

    • Carlos Silva disse:

      “Contra ANÁPOLIS, GRÊMIO, ITUMBIARA, IPORÁ, ANAPOLINA E RIO VERDE são amistosos de luxo. GOIÁS precisa jogar com time misto e alguns quase todo “reserva”.”.

      Concordo

  4. Carlos Antônio de Souza disse:

    Quem se iludir com o time no ruralzão, com certeza se arrependerá profundamente no brasileirão “b”.

    2017 foi a mesma novela, e a quebrada de cara foi grande. Medir o desenpenho de um time do porte do Goiás em jogos contra equipes formadas a laço, para a disputa de um campeonado fraco como o nosso, é o mesmo que um aluno desejar passar no vestibular de medicina de qualquer universidade federal do país sem estudar.

    O Verde necessita urgentemente de um preparador físico competente, que consiga tirar leite de pedra e faça com que a boleirada voe baixo no brasileirão.

    Sem preparo físico, não tem equipe que se sustente em um campeonato longo como o que vem pela frente.

    Acorda diretoria incompetente!!! A hora é agora!!!

    Depois não venham com desculpas esfarrapadas, pois tantos jogadores no departamento médico não é coisa normal.

  5. FRANCISCO ESMERALDINO DF disse:

    Esse campeonato goiano com jogo 2 vezes por semana, sem folga para treinamentos e para a musculatura dos jogadores termina contundindo vários atletas. Essa TV Globo com essa loucura de fazer os times jogarem tantas vezes, com uma pré temporada tão curta destrói o nosso futebol. Já tá passando da hora dos estaduais serem diminuídos. Dos times da série A e B só entrarem nas fases de mata mata, por exemplo. Não dá é pra continuar assim.

  6. Márcio Rosa disse:

    Alex Silva contundiu por sobrecarga, qualquer idiota sabe disso. Jogador jovem como ele, não é normal essa situação e de muitos outros que estão fora , pelo mesmo motivo. Sobre o jogo, porrinha jogou bem mas é fominha, em duas oportunidades , se tivesse tocado para lucão, era gol feito, ele é muito azarão, só chuta na barriga do goleiro, tem que tomar banho de sal grosso. Acho que o time está evoluindo, mas não pode perder tantos gols.

  7. Kássio Ricardo disse:

    Esse preparador físico do Goiás é uma piada, já são 06 jogadores que passaram pelo DM só nesse começo de ano. Brener, Fábio Sanchez, Carlos Eduardo, Thiago Luiz, Alex Silva e Rafinha, mais da metade do time, dois jogadores com lesão séria caso do Sanchez e do Alex Silva que vão fazer muita falta. É uma média de quase 01 jogador lesionado por partida.
    #ForaDannySérgio!

  8. Ouvi no radio o jogo ! Mas parece que goias errou muitos gols por falta de categoria. Agora o importante é chegar na final .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *