De virada, Goiás vence Joinville

Arena Ovel
Unifan 1230×130
aguia
golden-bowl
kart-passeio

Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás E.C.

O começo foi apático. O Goiás se deixou dominar por um adversário tecnicamente fraco. A formação inicial proposta por Kleina foi decisiva para a superioridade adversária. Mas, uma expulsão aos 19 minutos fez o Joinville perder o poderio do jogo, que foi retomado pelo Goiás com a entrada de Liniker, meia, no lugar de um dos quatro atacantes escalados. Nem mesmo a expulsão de um jogador esmeraldino deu poder de reação ao adversário esmeraldino, que estava dominado.

Confira o resumão da partida nas palavras do GloboEsporte.com:

Os poucos torcedores que compareceram ao Estádio Olímpico já em clima de protesto contra a campanha do Goiás ficaram ainda mais furiosos no início da partida. Logo aos três minutos, Jael aproveitou cruzamento de Reginaldo e bateu de primeira. Márcio foi lento para a bola, que parou no fundo das redes: 1 a 0 Joinville. Imediatamente a torcida começou a vaiar o goleiro. Outro perseguido era o lateral-direito Sueliton. Era tudo o que o JEC precisava na luta contra o rebaixamento.

 Mais organizado, o time de Ramon Menezes logo chegou ao segundo gol. Fernando Viana tabelou com Juninho e ampliou: 2 a 0. Viana já tinha marcado o gol de empate contra o Atlético-GO na reabertura do Olímpico, em setembro. Aos 18 minutos, Reginaldo foi expulso por receber o segundo cartão amarelo, entretanto, o Goiás não conseguiu se aproveitar da vantagem numérica. O Joinville se recompôs com a entrada de Everton Silva e manteve a vantagem. A melhor chance esmeraldina na etapa inicial foi em cabeçada de Léo Gamalho.

 Walter e Léo Gamalho viram para o Goiás

 Com um jogador a mais, o Goiás voltou com tudo na etapa final. O time da casa passou a controlar a partida. Walter destoava dos demais com ótimos passes para os companheiros. Em um deles, o zagueiro Felipe Macedo perdeu gol incrível. Quem também perdeu chance foi o atacante Léo Gamalho, que cabeceou em cima do goleiro Jhonatan. De tanto tentar colocar os companheiros na cara do gol, Walter resolveu decidir sozinho aos 23 minutos. 

Na ponta direita, ele passou fácil pelo lateral Diego e bateu forte. A bola passou por baixo do goleiro Jhonatan: 2 a 1. Logo em seguida o zagueiro David Duarte foi expulso, acabando com a vantagem numérica Goiás. Mesmo assim, o time da casa continuou em cima. Aos 33, Walter acionou Rossi, que cruzou na cabeça de Léo Gamalho. Desta vez ele balançou as redes: 2 a 2. O gol da virada saiu aos 46 minutos. Novamente Walter cruzou para Léo Gamalho, que apareceu livre para decretar a vitória esmeraldina: 3 a 2 Goiás.

Portal Esmeraldino
Portal Esmeraldino
O maior Portal de notícias do Goiás Esporte Clube. Feito de torcedores, para você, torcedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *