Unifan-1230×130

Foto: Divulgação

 

Não que tenha sido espetacular, e de fato estamos longe do ideal, mas sem dúvidas ontem, contra o Coritiba, foi o melhor jogo do Goiás. O que cabe destaque também é ser um time que naturalmente se candidata a busca ao acesso neste ano. Não nos sobra dúvidas também a respeito das tantas mudanças que ainda devem ser feitas para que o time do Goiás jogue redondo, mas ontem o time deu mostras de que existem motivos para termos esperança com esse atual elenco.

 

Começando pelas fragilidades, o nosso time, que em quase todos os jogos assistidos por mim tem a maior porcentagem de posse bola durante todo o jogo, não consegue agredir o adversário. Giovanni, que ontem fez o seu melhor jogo com a camisa do Goiás, e Léo Senna, que apesar da qualidade inegável ainda mostra um pouco de imaturidade e falta de atenção, errando muitos passes e passando excessivamente o pé sobre a bola, são mais organizadores do que criadores de jogadas. Ainda precisamos de um camisa 10, um criador de jogadas, com passes agudos que deixem os atacantes em posições claras de finalização. Antes que sejam feitas críticas ao Lucão, quantas oportunidades claras de gol, bolas em condição de finalização tranqüila chegaram até ele?  Mesmo com as adversidades, conseguiu colocar uma bola no travessão e outra passando bem próximo ao gol. Carlos Eduardo que podia auxiliar nessa chegada tem se mostrado um pouco perdido, se atrapalhando com a bola e por vezes esquecendo o caráter coletivo do futebol.

 

Quem diria que das laterais, nossa posição mais frágil nesses últimos três anos, viria o nosso maior desafogo. Caíque Sá (e Alex Silva) e Jefferson (e Breno) têm sido destaques nessa temporada, se apresentando para todos os jogos, dando opção e quando possível marcando gols, como fez o ascendente Jefferson ontem.  Destaque também tem sido o primeiro volante da base Madison, que mesmo em meio a desconfiança, se destaca nesse sistema defensivo sólido que tem sido característico do time. Ele, Caíque e o contestado e incansável buscador de jogadas Maranhão foram os dois melhores na noite de ontem, na minha humilde opinião.

Mesmo permitindo uma chance clara de gol, em um lance de velocidade contra um garoto do Coritiba, o sistema defensivo do Goiás é o ponto positivo mais forte nesse ano. O xerife Brock e o surpreendente David Duarte estão cometendo poucas falhas e sido pontuais nos desarmes. O tão contestado Hélio dos Anjos solidificou o sistema defensivo e de agora em diante pode começar a desenvolver as características ofensivas do time.

 

Como disse no início, estamos muito longe do ideal, mas ontem suspiramos esperança a respeito do acesso. Espero que esse suspiro se torne a nossa respiração durante todo esse ano e que ano que vem possamos estar voando em céus diferentes.

lucas
lucas
Autônomo , pai e esposo apaixonado pelo Goiás.

8 Comentários

  1. Nádia barrozo disse:

    Oi pessoal, nada a ver com os comentários acima desculpem. Mas gostaria de saber por onde anda o ex-técnico Valter Nascimento Júnior (Goias) alguém tem alguma informação?

  2. Marcelo Vinhandelli disse:

    Leo Sena enceradeira e Carlos correria está difícil…Será que alguém vai conseguir ensinar pra esse Carlos que ele não joga sozinho e que tem mais 10 jogadores pra ele passar a bola?? Toda jogada essa ameba quer driblar e chutar pro gol. Tem um péssimo passe, só corre de cabeça baixa e ainda por cima tropeça na bola!

  3. luciano disse:

    Parabéns ao Hélio. Está sendo inteligente e fazendo o rodízio certo. Motivou o elenco que é esforçado e razoavelmente qualificado. Diferente da burrice em 16 e 17. Todo mundo querendo jogar e disputa acirrada. Assim todos estão motivados.
    O time entrou mordendo contra o Coritiba pois escalou os melhores no momento e “descansados”.
    Com laterais ofensivos, ver o jogo no Couto vai ser interessante pra continuar analisar o time. Lá não tem como jogar tão ofensivamente e propondo o jogo o tempo todo como tem jogado contra todos em 2018.
    Com o passar dos jogos minha lígua na lateral esquerda está sendo queimada. Queria que minha língua queimasse mesmo, ótimo. Jeferson e Breno serão os laterais em 2018. Tomara que consigam produzir bem o ano todo.
    Nesse elenco, ainda sinto falta de um ótimo segundo atacante, nível Neilton (Vitória), Sobis (Cruzeiro) , Guedes (AtlMg)…
    Foi ótimo ter deixado de contratar o pereba Tomás (Sport). Veio o Maranhão e tomou conta da posição com eficácia. Parabens por cara. Titular, quem diria kk.

  4. P. Mariano disse:

    Torcida esmeraldina vamos fazer um barulho ai o ROSSI rescindiu o contrato na china está livre no mercado eu acho que vale apena o Goiás fazer um investimento nele.

  5. valdeci Silverio dos Santos disse:

    Leo Senna, o piorra! sem rendimento e aproveitamento, sempre um a menos!

  6. Edimar disse:

    Concordo Daniel.Ainda acredito no Felipe Garcia .É um jogador de muito potencial, o problema acredito que seja falta de ritimo de jogo, com uma boa sequencia acho que seria o nosso atacante de referencia nesse esquema.

  7. CESAR PETRI disse:

    LÉO SENA É UM BOM JOGADOR E PODE SER MAIS, O GRANDE PROBLEMA QUE EXISTE NO GOIÁS JÁ FAZ TEMPO E A FALTA DA BASE PROS GAROTOS, DESDE OS TAMPINHAS ATÉ O SUB 20, NA ÉPOCA DO LUVANOR E OUTROS O JOGADOR APRENDIA OS FUNDAMENTOS DO FUTEBOL, O QUE TINHA DE MELHOR APRIMORAVA, O DE PIOR TREINAVA MUITO ATE SE APERFEIÇOAR, CABEÇA ERGUIDA, PASSES, CHUTES, CABECEIOS ETC, HOJE NÃO TEMOS MAIS ISSO, UMA CAMBADA DE NÃO SABEM DE NADA, AI OS JOGADORES TEM QUE APRENDER NO DIA A DIA DOS JOGOS, COMO NOSSA COMISSÃO TÉCNICA TA ULTRAPASSADA ELES OS PRATAS DA CASA CORREM O RISCO DE SE PERDEREM SE NÃO TIVEREM ALGUÉM PRA ORIENTA-LOS, INFELISMENTE, MÁS VEJO COM BONS OLHOS O GAROTO JEFERSON, VAMOS TORCER PRA QUE MUDEM AGORA A PREPARAÇÃO FÍSICA COMO TODOS TEM DITO, TÁ PÉSSIMA, HORRIVEL.

  8. Daniel disse:

    Nao criticando o Lucao, mas o estilo de jogo que o Goias tem hoje não combina com centroavante…. Un jogador de movimentação, que sai da area pra tabelar, seria mais interessante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *