Atacante do Goiás quer vitória contra o Boa para seguir no G-4 da Série B

Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Em entrevista coletiva, o atacante Michael deixou claro que o Goiás vai buscar os três pontos contra o Boa Esporte para seguir no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. No duelo em Varginha, o atleta esmeraldino pregou cautela contra os mineiros e quer fazer de tudo para buscar os três pontos no duelo.

“É uma equipe muito forte e bem postada. Eles começaram bem no jogo e conseguiram dominar um pouco a partida, mas nós conseguimos fazer o primeiro gol. As coisas assim conseguiram liberar e saímos com vitória”, afirma.

Michael pregou cautela contra o Boa, mas deixou claro que o time vai com total humildade para vencer o confronto: “É outra equipe forte, que é bem postada. Nós vamos com a mesma humildade e dedicação. Jogos fora de casa são complicados. Nós vamos dar o nosso melhor e que possamos sair com a vitória”, finaliza.

Na tabela de classificação, o Verdão se manteve na terceira colocação da Série B do Campeonato Brasileiro, com 42 pontos conquistados, 13 vitórias, três empates e nove derrotas no certame nacional. Até o momento, o Goiás balançou as redes em 36 oportunidades, mas sofreu 31 delas e apresenta cinco como saldo de gols.

Pelo complemento da 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Goiás visita o Boa Esporte, no estádio Municipal de Varginha, às 16h (horário de Brasília). Para o confronto diante dos mineiros, o técnico Ney Franco deverá ter mudanças no time titular.

4 Comments

  1. Avatar Carlos Antônio de Souza disse:

    Corrigindo: (…) como diz o colega torcedor Márcio Rosa(…)

  2. Avatar Carlos Antônio de Souza disse:

    Tantos e tantos jogadores profissionais brasileiros que vieram da várzea e se destacaram no futebol profissional…

    Garrincha jogava em um time amador antes de brilhar no time da estrela solitária carioca. Leandro Damião também veio da várzea, Denilson e tantos outros, que só chegaram aos times profissionais por meio de testes…

    Sempre será assim, pois o futebol arte é fruto da habilidade, e craque mesmo que não tenha sido formado em uma escolinha de futebol é craque e ponto final.

    O Porrinha é daqueles craques que se tivesse vindo de uma escolinha, talvez teria sido destruído por ela.

    No terrão ele aprendeu a driblar de forma solta e descontraída, aprendeu a apanhar sem chorar e sem ter um juiz ou um professor para protegê -lo., aprendeu a jogar com fome, doente, gripado, contundido, com chuteiras de péssima qualidade, aprendeu a dominar bolas ovais e empoeiradas.

    Porrinha chegou ao Goianésia cheio de vícios, lumbriguento, desnutrido, e mesmo assim, jogando contra nosso principal rival o moleque conseguiu ser o artilheiro do fantástico, e pedir a música que só aos artilheiros de final de semana desse Brasilzão é permitido.

    Contratado pelo Goiás, sem passar por escolinhas de futebol, foi entrando no time igual bicho de pé, e hoje com diz o colega torcedor Márcio Rosa:

    “Porrinha é hoje o homem chave do Ney Franco, quem diria que o jogador do terrão poderia deslanchar? Nem eu acreditava.”

    Eu também não acreditava., e tantos outros esmeraldinos também não acreditavam!!!

    Mas ainda bem que o insistente Porrinha queimou nossas línguas!!!

    Parabéns Michael!!!

  3. Avatar Márcio Rosa disse:

    Porrinha é hoje o homem chave do Ney Franco, quem diria que o jogador do terrão poderia deslanchar? Nem eu acreditava. Agora o boa ” time forte” Michael? Menos! Não tem como um time forte ser o lanterna do campeonato. Claro que o Goiás não terá moleza, mas tem que buscar a Vitória durante os 90 minutos.

  4. Avatar Mirosmar Cardoso disse:

    Nossa …..Que matéria emocionante!!!!! Deois dessa vou dormir satisfeito. Muito tempo que esperava uma notícia dessas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!