Depois do domingo Rosa no Serra Dourada, onde a maior torcida do mundo lotou o estádio, chegou a vez do DOMINGO VERDE.

Chegou a vez da MAIOR DO CENTRO OESTE, mais um vez mostrar em números quem é quem no Futebol Goiano. Vai ser uma festa, vamos quase dobrar o número de torcedores da maior torcida do mundo. No DOMINGO ROSA, esteve presente quase 10 mil torcedores para assistir ao show verde, esse número de torcedores foi possível porque do outro lado era um jogo onde a motivação era o máximo. O time que não ganhava nada a dez anos, chegou com dois títulos na capanga. Um Ruralzão da segunda divisão e um mega Brasileirão da terceira divisão. E para motivar ainda mais, o Vila não perdeu para o Goiás no ano de 2015.

Mesmo com tantos motivos de sobra para lotar o Serra, o DOMINGO ROSA, terminou como sempre. Arquibancadas vazias e torcedores indo embora mais cedo. A diferença dessa vez foi que ao sair do estádio eles não escutou a tradicional musica 1,2,3 o Vila é freguês…

Mas Vila não se preocupe, o DOMINGO VERDE não vai faltar música, não vai faltar gol, não vai faltar festa da torcida do MAIOR DO CENTRO OESTE.

Não tenho nenhuma dúvida da superioridade do Goiás, e isso vai ser comprovado mais uma vez. Vamos vencer (e vencer bem). Vamos colocar um número de torcedores muito maior que o do DOMINGO ROSA, apesar do jogo ser fraco, e não servir de motivação para a maioria dos torcedores do Goiás. Sem a presença da maior torcida freguês do mundo, não vamos esquecer das tradições do Serra Dourada.  A cada gol do Goiás vamos fazer a festa, pular, agitar e cantar para o time de rosa: 1,2,3 o Vila é freguês.

 

vyla ork

Depois do DOMINGO ROSA, vem ai o DOMINGO VERDE.

 

É por ai…

O Vila não perdeu para o Goiás em 2015, porque não jogou. Em 2015 enquanto o Goiás ganhava mais um Goianão da série “A”, o Vila sofria em busca de um título na segunda divisão do Ruralzão. Era dez anos sem um título.

Enquanto o Goiás jogava a Série “A” do Brasileiro o Vila conquistava o maior título de sua história, o poderoso Brasileiro da séria “C”.

Matemática simples, não jogou não perdeu.

É pra caba com o pequi do Goiás:

O ex-treinador do Vila Nova, Márcio Fernandes, na sua saída provou ser um verdadeiro Vilanovense, olha a praga que ele jogou no Goiás. Na entrevista de despedida ele soltou essa: O dia que o Vila estiver na primeira divisão, o estado de Goiás terá um campeão Brasileiro na série A.

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!