Dirigente do Goiás revela detalhes da negociação com o clube egípcio por atacante

Foto: Divulgação/Diário de Goiás

Em entrevista para o programa Toque de Primeira, na Rádio Sagres 730, o diretor de futebol Túlio Lustosa revelou detalhes da negociação do Goiás com o clube egípcio para negociar o atacante Carlos Eduardo. Na visão do dirigente alviverde, o anúncio do Pyramids FC em suas redes sociais foi de forma precoce.

“O Goiás não disse nem sim, nem não ainda. Foi precipitado. Divulgaram nas redes socias do clube um atleta que não passou por exames médicos, e que o Goiás, que detém os direitos federativos e ecônomicos do atleta, ainda não deu a resposta”, diz o dirigente.

Para que o anuncio aconteça, o dirigente do Verdão acredita que o clube africano devem ter entrado num acordo com o empresário do atacante Carlos Eduardo. Na quarta-feira, os dirigentes do clube africano intensificaram as negociações e acredita que o martelo pode ser batido nos próximos dias e uma reunião entre a diretoria será feita para definir tudo.

“Devem ter entrado em um acordo com o Carlos, até porque foi o agente dele que trouxe a proposta até nós. Ontem houve o contato mais forte e hoje esquentou um pouco mais, mas o martelo ainda não foi batido, porque eles não estão vindo para pagar a multa do Carlos, que é muito alta. Se fossem pagar a multa, bastaria depositar o valor e não abrir a negociação. Hoje à noite, o presidente e os vices devem fazer uma reunião para que seja discutido isso”, completou.

2 Comments

  1. Avatar SINOMAR disse:

    E tanta mediocridade que faz com que esse clube caminhe cada vez mais no abismo do Futebol Brasileiro. Enquanto o Goiás continuar sendo administrado pelos Pinheiros não temos que esperar mais nada de resultados é somente decepção ano após ano. Contratam um bando de jogadores que não dão resultados e ficam tentando iludir os torcedores.
    É decepcionante para nós esmeraldinos ficar vendo um clube desta grandeza sendo administrado por pessoas despreparadas e, buscando somente suprir as suas necessidades pessoais.
    Acorda Goiás !!! A série C esta a vista e, dependendo, vamos para D.
    É muita incompetência junta !!

  2. Avatar Márcio Rosa disse:

    Tulio foi um bom jogador, exemplo de raça, mas como gerente de futebol é muito ruim, não passa de um saco de pancada ,onde os Harlei paneleiro faz as lambanças e ele assume como escudo. O que um bom salário não faz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!