E se não tivesse os Pinheiros.

O maior clube do Centro-Oeste e Norte do Brasil, vive uma situação de abandono total por parte do futebol.

Aos poucos o Goiás vai perdendo sua torcida para times do eixo, e os mais fanáticos torcedores, já começa a abandonar suas idas ao Serra Dourada. O Goiás comandado pelo seu ultrapassado dono e demais Pinheiros, mesmo com orçamentos muitas vezes maior que de seus concorrentes, não consegue montar um time digno.

Acostumado a viver na elite do futebol nacional, o time se apequenou e vive no pula-pula entre a Série A e B do Brasileirão. Esse ano para piorar o fantasma da “C” já assombra a tabela de classificação após 6 rodadas. Mesmo ainda estando no começo do campeonato, não se justifica um elenco tão sem talento e vontade como esse. Esse time que está entrando em campo nesse Brasileiro, até o momento é sem dúvida o pior time de todos os tempos.

Mas isso já era esperado, porque quem manda no clube a décadas, vive com uma visão de futebol ultrapassada. Administra o Goiás do mesmo jeito que a 20 anos atrás, onde o importante era participar, e não ganhar. Esses dirigentes, não conseguiu processar que a torcida cresceu, e o futebol mudou. Administra o clube como suas empresas particulares, visando apenas o lucro e esquece do torcedor. A parte de futebol foi totalmente abandonada, servindo apenas para extrair dinheiro de contratos milionários com as emissoras de televisão.

Dinheiro, que de uma forma misteriosa, não consegue montar um time superior aos concorrentes Goianos, que tem orçamento até dez vezes menores. A farra do boi no departamento de futebol do Goiás, vem se arrastando a um bom tempo, e com isso a cada ano o time cai mais um pouco de qualidade.

Com tanto tempo em decadência, só existe uma saída para o time mudar de postura e voltar a ser respeitado no Serra Dourada. Essa saída é a mudança total na parte de quem manda no Goiás. Não se pode administrar futebol, sem pensar em ganhar algo. Os Pinheiros deixa claro em suas atitudes que estão contentes com o Goiás, com esse time frouxo, sem garra e sem jogadores com qualidade para lutar pela liderança do campeonato.

 

É por ai…

 

Quem é o entendedor que viu nesse Cléo talento para ser jogador de futebol?

O segredo do Atlético Goiano é simples. O atlético faz hoje o que o Goiás era mestre em fazer, ganha muitos pontos no início do campeonato, enquanto os outros clubes ainda estão se organizando.

pinheiro caido

SE OS PINHEIROS NÃO ESTIVESSE NO GOIÁS:

O agente de jogadores, Francis Melo teria que ralar muito para justificar seu alto salário.

O programa sócio torcedor estaria muito menos ruim do que é hoje.

O Goiás não estaria na série B do Brasileiro, e nem teria passado arrocho no Goianão.

O Goiás não gastaria tanto dinheiro com apostas, e com esse dinheiro, teria trazido atletas para ser titular em vez de arriscar a sorte.

O Goiás seria temido pelo seu toque de bola, e os times sempre jogaria na retranca, respeitando o Goiás no Serra Dourada.

O departamento médico não estaria cheio de atletas lesionados, e o time apresentaria o preparo físico de anos anteriores.

Teriamos patrocinador master.

Não seriamos desclassificados por times de terceira divisão ou até sem divisão. 

 

Avatar

0 Comments

  1. Avatar Ary disse:

    Weber, como seria bom se os PINHEIROS estivessem fora do Goiás!

    Porque será que eles deixam suas empresas para estar no Goias ?!

    Seria um sonho caso isto acontecesse!

    Que eles algum dia saiam e levem junto o Sergio Rassi

  2. Avatar Ary disse:

    Weber, como seria bom se os PINHEIROS estivessem fora do Goiás!

    Porque será que eles deixam suas empresas para estar no Goias ?!

    Seria um sonho caso isto acontecesse!

    Que eles algum dia saiam e levem junto o Sergio Rassi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!