Empate contra o Anápolis

Goias o popular

Foto: Cristiano Borges/O Popular

Neste domingo, Anápolis x Goiás se enfrentaram no estádio Jonas Duarte, no interior do Estado e ambos os times empataram sem gols em partida válida pela primeira partida da final do Campeonato Goiano. Ambos os times tiveram poucas oportunidades para abrir o placar, em um jogo de muita marcação pelas equipes.

Com isso, a decisão ficará por conta da partida de volta que acontece no próximo final de semana, no dia oito de maio, em Goiânia, no estádio Serra Dourada. O duelo será às 16 horas (horário de Brasília), e ambos os times deverão ter novidades entre as equipes, para o duelo do próximo final de semana.

O melhor lance da partida fica por conta de Anderson Salles, em cobrança de falta, que chutou na etapa complementar. A bola foi muito bem colocada, mas bateu na trave e quase abriu o placar no estádio Jonas Duarte e surpreendeu o goleiro Felipe do Anápolis, pela primeira partida da final do Goianão.

Após a decisão do Goianão, o Goiás se concentrará na Série B do Campeonato Brasileiro que será diante do Tupi, em Minas Gerais, no estádio municipal de Juiz de Fora. O duelo será no dia 13 de maio, às 19h15 (horário de Brasília).  

0 Comments

  1. Avatar GoiásAtéMorrer! disse:

    De fato, o anápolis perdeu uma chance enorme de ganhar com boa diferença de gols do GOIÁS. O VERDÃO, nas minhas lembranças de “melhores momentos”, chegou ao gol do galo quatro vezes…míseras quatro vezes, sendo um bom chute do Carlos defendido pelo bom goleiro Felipe, depois em duas boas cobranças de falta do Anderson Salles e um lance com o Cléo que tentou cruzar pro Rafhael. No mais, só deu anápolis.

    A trave foi nosso melhor zagueiro e novamente fomos expostos a várias de cenas de filmes repetidos anteriormente: zaga esmeraldina não ganha bola por cima; dificilmente ganhamos sobra; se apertar saída de bola do GOIÁS podem ficar tranquilos que rifaremos a bola e tome pressão do time adversário; laterais improdutivos-principalmente Juninho que está numa espiral descendente monstruosa-NÃO ACERTA NADA!; David que só toca pra trás e ÀS VEZES, muito raramente, acerta cruzamentos ou virada de jogo; Ramires mal, Patrick idem (semelhante ao Juninho, desaprendeu a jogar); Wagner que parece pronto pra brigar com Deus e o Mundo, totalmente diferente do jogador que chegou ao GOIÁS-mostra voluntariedade mas é altamente instável, tanto na técnica quanto na parte psicológica. Enquanto isso, Cléo e Raphael Lucas ficam à míngua, buscando jogo no meio, servindo de armadores e caindo facilmente na marcação adversária. Ficamos na dependência dos lampejos do Carlos Eduardo que vem recebendo marcações sistemáticas. Some a isso tudo, o esquema BUMBA MEU BOI que o Enderson vem implantando…o tempo todo no jogo ele gritando, principalmente pros zagueiros: -LANÇA BOLA, LANÇA BOLA!…putz…ligação direta…a que ponto chegamos…fora que todas as faltas, sério, todas as faltas cobradas pelo Juninho e pelo Davi foram facilmente interceptadas pelo goleiro Felipe e pela zaga do anápolis. Esse povo treina isso??

    Enfim estamos com um GOIÁS que poderá ser campeão goiano de forma totalmente atípica-parece ser um time sem comprometimento com um dos poucos torneios em que é favorito absoluto, como também não mostrou comprometimento na Copa do Brasil. Será que vai entrar dessa forma na Série B?
    Diretoria que aparentemente até o momento não se movimenta em busca de contratações pra série B (no mínimo 6 jogadores e que venham pra ser TITULARES!). Parece que o Enderson e o Ximenes se arrependeram amargamente de algumas contratações e tentam justificar o injustificável, ainda mais quando o Enderson compara esse time bisonho de 2016 com o timaço de 2012 (quando ainda não tinha o Walter). Enfim, tá triste ver esse time do GOIÁS jogando. É muito decepcionante. Não foi pra esse GOIÁS que aprendi a torcer.

  2. Avatar GoiásAtéMorrer! disse:

    De fato, o anápolis perdeu uma chance enorme de ganhar com boa diferença de gols do GOIÁS. O VERDÃO, nas minhas lembranças de “melhores momentos”, chegou ao gol do galo quatro vezes…míseras quatro vezes, sendo um bom chute do Carlos defendido pelo bom goleiro Felipe, depois em duas boas cobranças de falta do Anderson Salles e um lance com o Cléo que tentou cruzar pro Rafhael. No mais, só deu anápolis.

    A trave foi nosso melhor zagueiro e novamente fomos expostos a várias de cenas de filmes repetidos anteriormente: zaga esmeraldina não ganha bola por cima; dificilmente ganhamos sobra; se apertar saída de bola do GOIÁS podem ficar tranquilos que rifaremos a bola e tome pressão do time adversário; laterais improdutivos-principalmente Juninho que está numa espiral descendente monstruosa-NÃO ACERTA NADA!; David que só toca pra trás e ÀS VEZES, muito raramente, acerta cruzamentos ou virada de jogo; Ramires mal, Patrick idem (semelhante ao Juninho, desaprendeu a jogar); Wagner que parece pronto pra brigar com Deus e o Mundo, totalmente diferente do jogador que chegou ao GOIÁS-mostra voluntariedade mas é altamente instável, tanto na técnica quanto na parte psicológica. Enquanto isso, Cléo e Raphael Lucas ficam à míngua, buscando jogo no meio, servindo de armadores e caindo facilmente na marcação adversária. Ficamos na dependência dos lampejos do Carlos Eduardo que vem recebendo marcações sistemáticas. Some a isso tudo, o esquema BUMBA MEU BOI que o Enderson vem implantando…o tempo todo no jogo ele gritando, principalmente pros zagueiros: -LANÇA BOLA, LANÇA BOLA!…putz…ligação direta…a que ponto chegamos…fora que todas as faltas, sério, todas as faltas cobradas pelo Juninho e pelo Davi foram facilmente interceptadas pelo goleiro Felipe e pela zaga do anápolis. Esse povo treina isso??

    Enfim estamos com um GOIÁS que poderá ser campeão goiano de forma totalmente atípica-parece ser um time sem comprometimento com um dos poucos torneios em que é favorito absoluto, como também não mostrou comprometimento na Copa do Brasil. Será que vai entrar dessa forma na Série B?
    Diretoria que aparentemente até o momento não se movimenta em busca de contratações pra série B (no mínimo 6 jogadores e que venham pra ser TITULARES!). Parece que o Enderson e o Ximenes se arrependeram amargamente de algumas contratações e tentam justificar o injustificável, ainda mais quando o Enderson compara esse time bisonho de 2016 com o timaço de 2012 (quando ainda não tinha o Walter). Enfim, tá triste ver esse time do GOIÁS jogando. É muito decepcionante. Não foi pra esse GOIÁS que aprendi a torcer.

  3. Avatar Felipe disse:

    Leicester Campeão!! Estava torcendo muito pra esse time, e conseguiu! Não é possível mesmo ser Campeão Brasileiro, Goiás?
    Apesar que lá não tem a Globo sem vergonha puxando sardinha pra Flamengo e Corinthians!

  4. Avatar Felipe disse:

    Leicester Campeão!! Estava torcendo muito pra esse time, e conseguiu! Não é possível mesmo ser Campeão Brasileiro, Goiás?
    Apesar que lá não tem a Globo sem vergonha puxando sardinha pra Flamengo e Corinthians!

  5. Avatar Felipe disse:

    Concordo, Anápolis se estivesse mais relaxado era pra ter feito uns 4×2 no Goiás. E o Esmeraldino apesar de ter sido melhor da fase 1, não merece o título, porque não está ligando pra ele.

  6. Avatar Felipe disse:

    Concordo, Anápolis se estivesse mais relaxado era pra ter feito uns 4×2 no Goiás. E o Esmeraldino apesar de ter sido melhor da fase 1, não merece o título, porque não está ligando pra ele.

  7. Avatar Tony Falico disse:

    Pessimo resultado para o Anapolis empatar com esse time mediocre do Goias. Seria esse o time do Goias para iniciar a Serie “B”? Se for, podemos nos preparar pois as dificuldades serao imensas, pra nao dizer, tenebrosas!
    Abraco a Todos!!
    Tony

  8. Avatar Tony Falico disse:

    Pessimo resultado para o Anapolis empatar com esse time mediocre do Goias. Seria esse o time do Goias para iniciar a Serie “B”? Se for, podemos nos preparar pois as dificuldades serao imensas, pra nao dizer, tenebrosas!
    Abraco a Todos!!
    Tony

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!