Goiás

Foto: Rosiron Rodrigues/GEC

Em quatro anos consecutivos, sobramos no campeonato Goiano e começamos o Brasileiro muito distante dos nossos objetivos. E Começamos o quinto ano com um roteiro exatamente igual. Enquanto tenho sido taxado de chato e corneteiro por enxergar inúmeras deficiências nesse time que voa em um campeonato quase amador, torcedores estão enchendo a boca para falar que esse time é o melhor dos últimos anos (como se não fosse obrigação depois de campanhas pífias). Postura que, apesar das experiências nos últimos anos, parece ser a mesma da diretoria (torço para que eu esteja equivocado).

  O Goiás hoje é um time unilateral. Quando joga com o time titular, se apoia totalmente no lado direito com Michael, que esta sobrecarregado. Quando os reservas jogam, Hermes tem sido um dos mais acionados, e mesmo assim continua sendo banco para o Jefferson.  Acredito que é a permanência do Jefferson no time titular se dá muito mais por uma questão de “coerência” e “justiça” do que por mérito próprio. Só vale lembrar que por coerência com jogadores, a seleção brasileira vem sofrendo duas copas consecutivas. Vale lembrar a manutenção de Gabriel Jesus, enquanto Firmino claramente passava por momento muito superior.

  O “craque” Marlone, que veste a camisa 10, tem grande responsabilidade nesse repertório singular ofensivo. Acobertado por dois gols na primeira rodada contra o fraquíssimo Goiânia, o meia que seria responsável por trabalhar jogadas, acionando e municiando o ataque, por diversos momentos some do jogo. Quando aparece bem, se coloca ocupando espaços próximos a Michael e Kevin.  Léo Sena, surpreendentemente, tem sido o jogador mais importante do time, fazendo por diversas vezes o papel de armador.

  Porém, os centro avantes inofensivos que compõe o nosso elenco, é o problema mais gritante para mim. Jr. Brandão e Brenner revezam na função de conseguir seguidos insucessos. Brandão se movimenta bem, mas se mostra bastante ansioso e atrapalhado quando tem a bola. Perdeu uma chance contra o CRB, furando livre de marcação. Brenner, que aparenta estar fora de peso, se mostra completamente perdido quando entra no jogo. Se posiciona mal e não tem boa movimentação e poder de finalização. PRECISAMOS DE UM CENTRO AVANTE QUE CHEGUE  PRA RESOLVER! Ser referência para o Michael e para o ponta que ocupará o lado esquerdo e acima de tudo, faça gols!

  Na fatídica partida contra o CRB, Kevin, Geovane e Léo Sena foram acima do restante do time. Quando Rafael Vaz (esse que cobrou a penalidade que só pode ser definida por um adjetivo: RIDICULO) decide sair jogando com esses ao invés de insistir no fracasso dos seus lançamentos, o time consegue construir. Defensivamente, o time deve muito a Geovane, que tem uma grande capacidade de destruir jogadas do adversário. Sidão não pode dar mais motivos para a torcida ter razão. Falha grotesca no gol e quase entregou outro com os pés.  

Desclassificados da Copa do Brasil, e em momento algum merecemos essa classificação (é só lembrar que empatamos graças a um erro do juiz)agora é hora de focar em contratar peças pontuais que permitam que não voltemos para série B, o que seria um prejuízo desmedido inclusive para a construção da Arena.  O Goiano não pode ser parâmetro para um time que é muito maior em todos os aspectos que qualquer adversário. Apoiar o Barbieri, acima de tudo, é dar peças para que ele possa colocar suas ideias em prática.

lucas
lucas
Autônomo , pai e esposo apaixonado pelo Goiás.

10 Comments

  1. Avatar Leo disse:

    Artigo muito bem feito! Quem defende o time do Goiás após perder pra o insignificante CRB tem a cabeça pequena como os dirigentes do Goiás!! Aceitam o Goiás como timinho que virou!!

    Campeonato goiano é embriaguez!! Eu, como verdadeiro torcedor do Goiás torço para que perca essa porcaria de campeonato rural, só assim caímos na real e nós reforçamos!!

    Chega de ser grande no cerrado é pequeno no Brasil!!

    Quero ver aquele time que era respeitado no Serra por qualquer time nacional!!

  2. Avatar Gustavo elias disse:

    Cara torcedor do Goiás e muito chato… Camp. Goiano não serve de parâmetro para série A… Mas o Goiás e sim muito melhor que o Goiás dos últimos anos.
    O Goiás não avançou na copa do Brasil pq o futebol tem dessas nem sempre quem joga melhor ganha.
    Cara assisti todos os jogos do Goiás esse ano e e nítido a vontade dos cara de jogar vejo a diretoria com abiçao de ganhar alguma coisa além do goiano. Pra mim contra o CRB foi uma fatalidade. Parem de ser chatos só foi um revés e mesmo assim com o time jogando bem. E sim precisamos de um centroavnte.

    • Avatar Leo disse:

      Vc deve ser vilanovense Não é Gustavo?? Pois se contenta com pouco, aceita passivo o fracasso!!!

      Não foi uma derrota, foi uma desclassificação de um campeonato nacional!! Foi a perda de $1,4 milhões!!!

  3. Avatar Elio j. Alves disse:

    Este Hos, é um acomodado. Fica pensando seu merda, que campeonato goiano vai te dar base. Acorda seu bosta!!!!! Seu panetone.

  4. Tudo que foi escrito no texto da matéria, é a pura verdade.
    Precisamos urgentemente de um centroavante de área e meias que realmente venha impactar no rendimento da da equipe. E precisamos ser um time que venha jogar de igual por igual com as grandes equipes. Com este time vamos jogar na retaguarda.

  5. Avatar Gilberto Barros disse:

    Eu concordo!!!!! O Goiás jogou contra o CRB com dez jogadores. Infelizmente não temos centroavantes.

  6. Avatar Hos disse:

    Vai se fude Mano o time n pode perde um jogo que todos começa a fala merda, esses torcedor de merda ai fica tenso isso o time ganha 7 jogos e perde um e vcs já começa a fala bosta vai caça oq fazer porra

    • Avatar Elio j. Alves disse:

      Este Hos, é um acomodado,fica aí pensando que o campeonato goiano vai te dar base. Seu incompetente vai estudar sobre futebol seu merda. É por isso que que o Goiás só ganha campeonato goiano porque tem gente que enxerga na ponta do nariz. Fraco!!!!

  7. No começo do goianao esse time me enganou e pensei que a diretoria tinha acertado dessa vez. Mas a realidade e que os laterais são fracos pra série A . Falta um 10 maestro e dois centroavantes que marque gols . Igual o Junior Brandão tem aí na base. A tendencia e o Goiás disputar entre 14: lugar a 19 : . Só o CSA e pior time que o nosso.

  8. Avatar Luciano disse:

    Hermes entrar no time titular é questão de tempo. Embora Jeferson aprimorou na marcação. Loyola podia ser testado de meia-atacante pela esquerda tb.
    Giovane como 1º volante e Leo Senna como 2º volante tem jogado bem. Mas contratar um 2º volante, que saiba tb fazer o 3º volante ou meia-centralizado “recuado” é FUNDAMENTAL. Marlone precisa de um pra incomodar a titularidade. Era pra ser Renatinho, mas que se achou e precisa continuar sendo o meia-atacante pela esquerda.
    Precisa testar inverter Barcia pra esquerda e Marcinho na direita tb pra dar opção.
    E outro FUNDAMENTAL é contratar um Centroavante (com salário de 200 a 250 mil, maior do elenco, menos de 30 anos pois Roger e Wellington Paulista da vida não conseguem entrar no pique desse time).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!