Goiás bate o Juventude no Serra!

Após o empate na última rodada, o Goiás (14º) foi a campo hoje para enfrentar o Juventude (7º), adversário tradicional e que também está lutando pelo acesso. Precisando da vitória, o time esmeraldino se empenhou muito em campo. Embora tenha demonstrado que tecnicamente a equipe é fraca, o Goiás bateu o Juventude por 1 x0, na base do esforço, da insistência e da raça de seus jogadores. Helião sofreu pela primeira com as vaias, mas viu suas substituições surtirem efeito e proporcionarem a vitória sofrida ao Verdão. Tiago Luiz e Aylon protagonizaram o lance do gol, tendo primeiro feito ótimo cruzamento e o segundo conseguindo um excelente domínio de bola dentro da área, que foi premiado com um belo e importante gol.

Com a obrigação de vencer, o Goiás tomou conta do campo e controlou a posse de bola, fazendo com que o adversário recuasse, cometesse várias faltas, sobretudo em cima do atacante Carlos Eduardo, e apostasse nos contra-ataques. Na base da pressão, o Goiás ia arriscando os chutes de longe e as jogadas de linha fundo. Mas a primeira grande chance veio aos 13, quando Nathan recebeu passe de cabeça de Júnior Viçosa dentro da área, ganhou na corrida da defesa e foi derrubado pelo goleiro Matheus. O árbitro marcou a penalidade e puniu o arqueiro gaúcho com cartão amarelo, em lance que caberia o vermelho, uma vez que era o último jogador e impediu o avanço do atacante, que sairia livre no gol. Como ninguém reclamou, vida que segue. Na cobrança Júnior Viçosa cobra pênalti no canto esquerdo de goleiro, que se adiantou na saída e conseguiu fazer defesa.

Mas o Goiás não perdeu a ofensividade. Aos 19, Carlos Eduardo quase marca em bobeada da defesa na saída de bola. O goleiro saiu jogando com o zagueiro Maurício, que perdeu a bola para o atacante esmeraldino pelo lado direito da área, que bateu para o gol, mas parou na defesa de Matheus. Na sequência, aos 24, após algumas chegadas sem sucesso do Verdão, o Juventude reclamou de um pênalti corretamente não marcado pela arbitragem. Yago recebeu lindo passe de Tiago Marques na área, driblou Fábio Sanches, mas ao receber a marcação de Carlinhos, caiu na área, tentando cavar a penalidade, mas o árbitro mandou o jogo seguir. Aos 25, após troca de passe no ataque, Wesley Natã bateu forte da entrada da área e exigiu grande defesa de Marcelo Rangel.

A partir daí, só deu Goiás na primeira etapa. Aos 38, Júnior Viçosa recebe na intermediária, domina, gira e chuta no ângulo esquerdo de Matheus, que consegue fazer boa defesa. Em seguida, aos 43, Carlos Eduardo recebe na área, pelo lado esquerdo do ataque esmeraldino e bate forte, obrigando o goleiro Matheus a fazer grande defesa. E o primeiro tempo ficou no 0 x0, mas marcado por boas chances, especialmente do Goiás, que desperdiçou uma penalidade com Viçosa e viu o goleiro Matheus fazer pelo menos outras duas boas defesas e salvar o Juventude na primeira etapa.

O segundo tempo ficou mais truncado nos primeiros minutos, com o Juventude reforçando a marcação. O Goiás, que já pecava muito nas finalizações, continuou sem muita precisão no ataque. Percebendo isso, Hélio dos Anjos sacou Nathan aos 10, para entrada de Tiago Luiz. Sem um resultado a curto prazo, aos 18 minutos o treinador sacou Elyeser para a entrada de Andrezinho e ouviu uma reclamação efusiva da torcida esmeraldina, que vinha reclamando muito de Júnior Viçosa. Pela primeira vez em seu retorno, Hélio foi duramente criticado pela torcida. No campo, o Goiás continuava no ataque, mas sem levar nenhum perigo. E como o novo velho técnico de bobo não tem nada, aos 23 minutos ele sacou Viçosa para a entrada de Aylon, fazendo com que o atacante também recebesse uma “homenagem” dos impacientes torcedores esmeraldinos. Com isso, ainda na metade do segundo tempo o Goiás já tinha feito todas as substituições, enquanto o adversário somente uma.

Oktos

Mas o time esmeraldino continuou na pressão e, aos 36 foi premiado pela insistência. Tiago Luiz, que vinha apagado no jogo, fez ótimo cruzamento pela direita e encontrou Aylon, que conseguiu dominar na área, no meio da zaga, girar e finalizar com precisão, para abrir o placar no Serra. Festa da Nação Esmeraldina. Goias 1 x 0. A partir daí foi só administrar e garantir a 11ª primeira vitória do time na competição. Destaque para o aumento no número de finalizações.

O Goiás chega aos 38 pontos e alcança definitivamente a 10ª colocação na tabela, cuja rodada foi toda concluída hoje. Contudo, o time abriu somente três pontos do primeiro time na zona da degola (Luverdense, com 35, em 17º). Contudo, muita gente agora entrou no bolo, o que dá mais tranquilidade para o Esmeraldino. O Verdão já volta campo no próximo sábado, quando enfrenta o também ameaçado Luverdense, fora de casa, em jogo que será as 21h00, no Estádio Passos das Emas, em Lucas do Rio Verde-MT. É hora de manter a reação e derrubar uma dos concorrentes na parte de baixo da tabela!

FICHA TÉCNICA

GOIÁS X JUVENTUDE – 30ª Rodada

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 17 de outubro de 2017, terça-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro. Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Luiz Antonio Muniz de Oliveira. Todos do Rio de Janeiro– RJ.

Público: 9.073. Renda: 44.590,00.

Cartões amarelos: Carlinhos, pelo Goiás. Matheus, Maurício, Leilson, Yago e Lucas, pelo Juventude.

GOIÁS: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Fábio Sanches, Alex Alves e Carlinhos; Victor Bolt, Elyeser (Andrezinho), Léo Sena e Nathan (Tiago Luiz); Carlos Eduardo e Júnior Viçosa (Aylon). Técnico: Hélio dos Anjos.

JUVENTUDE: Matheus Cavichiolli; Tinga, Mauricio, Micael e Bruno Collaço; Lucas, Fahel (Yuri Mamute), Leílson, Yago (Caprini) e Wesley Natã; Tiago Marques. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

4 Comentários

  1. Meus amigos esmeraldinos –

    Que show de horrores esse time do Goias . Como e dificil torcer por jogadores que tropecam na bola. Decadencia pura.
    Sorte nossa que essa serie B e a pior de todos os tempos, por isso o timinho da saneago esta rodeando o G4 o campeonato inteiro e o time deles e quase tao ruim quanto o nosso.
    O Goias nao cai porque tem no minimo 10 times piores que ele.
    Precisamos fechar o ano, esquecer de tudo que passou e comecar do zero. Nao podemos nos acostumar com serie B. Nossa torcida nao merece.
    Parabens a quem foi ao Serra ontem. Linda festa e total apoio ao verde, mesmo com tantas deficiencias tecnicas.
    Abraco a todos.
    Tony

  2. Edecio disse:

    Foi a melhor partida que eu vi do Léo Sena, no momento que o time estava partindo para o desespero ele manteve o equilíbrio e fazia a ligação com muita tranquilidade, a entrada do Andrezinho completou o que Léo Sena estava fazendo e a parceria deles não deixaram o meio de campo bagunçar. E o Carlinhos ! parecia o Juan dos bons tempos. Hélio realmente é o cara

  3. Carlos Antônio de Souza disse:

    Em desde o início do campeonato todos nós torcedores sabíamos que o time era fraco e cheio de boleiros bobos e mascarados.

    Bobos, pois pensavam ser craques, e o pior, o coitado do Rassi, tratava os malandros como se gente boa fossem, e aí foi só máscara e nada mais.

    O time não é bom, mas o tratamento dado ao “elenco” agora é outro, não tem mais aquela educação toda, que aquele presidente inocente (Rassi) prestava aos boleiros., e também, o técnico não é mais o inocente do Criciúma, nem tão pouco um iniciante da profissão como os anteriores.

    E assim, os resultados estão aparecendo e o Verde começa a sair da lama das últimas colocações, fugindo do fantasma do rebaixamento.

    Mas não devemos nos iludir com esse elenco, e nem tão pouco com o velho Hélio dos Anjos como técnico efetivo do Goiás para as próximas temporadas. Pois se isso realmente acontecer será outro grande erro dos capachos dos Pinheiros.

    O Goiás precisa se reciclar, e essa mudança tem que começar pelo alto comando, pois é a cabeça que comanda o corpo!!!

    .

  4. Márcio Rosa disse:

    Vai ser na raça ate o fim do campeonato, porque tecnicamente, o time é muito ruim. Parabéns ao professor Hélio dos Anjos, que está conseguindo bons resultados , com essa equipe horrorosa. Vamos pra lucas do Rio Verde, jogar na raça e tentar pontuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *