Goiás deslancha no segundo turno e vence a Chapecoense no Brasileirão

Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC

Pelo complemento da oitava rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o Goiás bateu a Chapecoense por 3 a 1 e com gols de Kayke duas vezes e Jefferson para o Verdão, mas os catarinenses descontaram com o zagueiro Rafael Pereira.

O primeiro gol do jogo aconteceu aos 35 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Kayke desloca o goleiro Tiepo e manda a bola rasteira no canto direito do gol da Chape. O Goiás fica em vantagem no Serra Dourada.

O gol de empate foi aos 43 minutos da etapa inicial, quando o meia-atacante Camilo cobra a falta e manda a bola na segunda trave. Rafael Pereira aparece por trás da zaga do Goiás e cabeceia no canto direito de Tadeu, que não tem tempo para reagir. Empate da Chape no Serra Dourada!

Já aos 32 minutos da etapa complementar, o lateral Jeferson aproveita o passe de Giovanne Augusto após roubada de bola no meio de campo e bate cruzado, com força. Ela vai no canto esquerdo de Tiepo. Um golaço do time goiano, que fica de novo na frente do placar!

Por fim, o Goiás aos 46 minutos cobrou pênalti com força, agora no canto esquerdo de Tiepo. O goleiro da Chape acerta o canto, toca na bola, mas não o suficiente para evitar o terceiro gol do Goiás no Serra Dourada.

3 Comments

  1. Avatar Sergio Lemes de Resende disse:

    Segundo turno?
    Pelo amor de Deus que reportagem!!!!!
    Me ajuda.

  2. Avatar Wesley disse:

    Pronto!!! A diretoria sabia que não precisavamos de contratações… Afinal ganhamos mais uma com o time que temos… Melhor ainda fizemos 3 gols em uma partida!!!
    Pois bem… Continuamos no sufoco com bolas altas na área… Rafael Vaz desenvolveu os lançamentos longos pra se livrar logo da bola, será muito útil quando o Walter voltar, ligação direta, Walter recebe protege fazendo o pivô e lança Michael… Ok fizemos 3 gols, 2 de penaltis, mesmo assim com um mal batido (Será que o pessoal não treina batida de penalty?)… Perdemos novamente muitas oportunidades por falta de um matador… Mas fazer o quê? Só nos resta esperar por contratações…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!