Torcida na bronca! Goiás peca na pontaria e fica no empate contra o Gimnasia; assista aos melhores momentos

Foto: Rosiron Rodrigues

O Goiás Esporte Clube recebeu o Gimnasia na noite desta quinta-feira (08), no Estádio Hailé Pinheiro, em partida válida pela 5ª rodada do Grupo G da Copa Sul-Americana. O jogo terminou empatado em 0 a 0, péssimo resultado para o time esmeraldino, que agora precisa secar o Universitario, caso contrário pode perder a liderança do Grupo e ver sua classificação direta ficar ameaçada.

Resumo

Goiás
Foto: Rosiron Rodrigues

O Verdão foi superior e dominou o jogo desde a etapa inicial. O time esmeraldino ficou com as melhores chances de gol, e não foram poucas. Aos 19, Guilherme chutou quase na pequena área e mandou por cima. Aos 24, Morelli cabeceou, e o goleiro Durso espalmou. No minuto seguinte, Sidimar também levou perigo pelo alto. Aos 48, Alesson cabeceou com estilo, e a bola explodiu na trave no que foi a principal oportunidade do time. O Gimnasia, por sua vez, só se defendeu.

O segundo tempo seguiu como o primeiro, com o Verdão martelando e despedaçando chances inacreditáveis. O árbitro até chegou a assinalar um pênalti para o time esmeraldino por toque de mão de Miramón, mas depois checou o lance no VAR e voltou atrás. Depois disso, Ariel, que havia acabado de entrar, destruiu sua oportunidade. Primeiro, o meia recebeu cruzamento rasteiro e sozinho, sem goleiro, e não conseguiu mandar para as redes. Logo na sequência, ele recebeu cartão vermelho direto e foi expulso. Com um a menos, o Verdão perdeu forças e não saiu do empate.

Assista aos melhores momentos de Goiás 0x0 Gimnasia

Ficha Técnica

5ª rodada da Copa Sul-Americana
Data: 8 de junho de 2023
Horário: 19h
Local: Estádio Hailé Pinheiro (Serrinha), em Goiânia

Árbitro: Ivo Mendez (Bolívia)
Assistentes: Jose Antelo (Bolívia) e Edwar Saavedra (Bolívia)

Expulsão: Ariel (GOI), aos 20′ do 2T.
Público: 7.928 presentes, 5.318 pagantes. Renda: R$ 135.750,00.

Goiás: Tadeu; Bruno Santos, Edu, Sidimar e Hugo; Jhonny Lucas (Apodi), Morelli (Felipe Ferreira), Maguinho e Guilherme Marques (Ariel); Alesson (Matheusinho) e Gabriel Novaes (Lucão). Técnico: Emerson Ávila.

Gimnasia: Durso; Guillermo Enrique, Morales, Mastrángelo e Melluso (Agustín Ramírez); Miramón, Steimbach (Colazo), Comba (Soldano), Napolitano (Lescano) e Franco Torres (Benjamín Domínguez); Tarragona. Técnico: Nicolás Cabrera.

Leia Mais: