Goiás vence e abre boa vantagem sobre o Goiânia.

O Goiás foi ao Estádio Olímpico visitar o Goiânia, no primeiro jogo das semifinais do Goianão e enfrentou um grande adversário, que foi o forte calor que assolou a cidade nesta tarde de sábado. Em campo, com um jogo feio e truncado, melhor para o Goiás. 3×0, com dois gols de Yago e um de Marlone.

O primeiro tempo ficou marcado pelas disputas entre o ataque do Goiás contra a defesa do Goiânia. O time ia insistindo em jogadas pelas pontas e cruzamentos na área, enquanto o Goiânia tentava sair nos contra-ataques.

O destaque positivo ficou por conta do goleiro Márcio, que chegou a fazer duas importantes defesas em chutes de Michael e Brandão. O negativo foi o próprio Brandão. O atacante está “pressionado” e tem desperdiçados boas oportunidades, mostrando nitidamente que “perdeu” a confiança.

E como o jogo era ataque contra defesa, pelo menos no primeiro tempo falou mais alto a força do ataque Esmeraldino. Aos 34, após cobrança de escanteio de Marcelo Hermes, a bola veio baixa e sobrou para Marlone, livre na marca do pênalti. O meia só teve o trabalho de empurrar para as redes.

E o segundo já começou com a temperatura mais amena no clima, mas com o Goiás mais ofensivo. Aos 05, após cobrança de falta de Renatinho cobra falta para a área do Goiânia, Yago ganhou da defesa e marcou o segundo do Verdão.

Não demorou muito e o Goiás marcou o terceiro. E novamente com Yago. Após cruzamento de Renatinho para a área, Brandão disputou com a defesa, que falhou e a bola sobrou pra Yago, que só empurrou para o gol, marcando o terceiro do Goiás e segundo dele no jogo.

A partida não pode ser considerada um teste para o Goiás, pois o Goiânia não mostrou a que veio. Ficou a sensação de que o Galo cresceu no fim da competição, mas em campo não vimos essa força. Sinal de que o Estadual mais atrapalha, do que ajuda na preparação do time para a Série A.

Michael continua agudo e participativo, embora tenha perdido um grande chance no primeiro tempo. Yago entrou bem e, além dos gols, teve boa atuação na defesa. Renatinho, apesar das bolas paradas, foi pouco efetivo com a bola no chão. Marlone apagado. Os demais foram discretos e não comprometeram. Brandão precisa melhorar seu posicionamento em campo e seus números.

Agora, é esperar o próximo sábado, quando o Verdão recebe o Goiânia na Serrinha, no mesmo horário (16h00).

CAMPEONATO GOIANO DE 2019 – SEMIFINAIS

Data: 30/03 (sábado). Horário: 16h00. Local: Estádio Olímpico, em Goiânia

GOIÂNIA 0 X 3 GOIÁS

Arbitragem de Eduardo Tomaz, auxiliado por Bruno Pires e Tiago Gomes.

Goiás: Sidão; Kevin (Daniel Guedes), David Duarte, Yago e Marcelo Hermes; Geovane, Léo Sena e Marlone (Giovanni Augusto) e Renatinho (Barcia); Michael e Júnior Brandão. Técnico: Maurício Barbieri.

Goiânia: Márcio; Lucas Brizon (David Torres), Talis, Wendel e Renan Castro; Vinícius Matheus, Diego Fumaça, Miguel e Alisson; Vitor e Pedro Gabriel (Matheus). Técnico: Artur Neto.

15 Comments

  1. Avatar Leone bento disse:

    Ontem deu pra ver o desespero da imprensa pro vila ser campeão,se o tribunal de justiça fosse sério esses vila seriam punido eles invadiram campo pra agredir juiz,o tal de Gastón tentou agredir jogadores do atlético nos vestuário,torcida tecendo as coisas no campo,o desespero pra ganhar e muito grande penso que futebol se faz montando um bom time,tentar ganhar na mara,por isso futebol goiano num cresce existe diferença de raça com apelação presidente do vila desequilibrado covardia presidente e o que fizeram com crack mas isso o senhor não falou,eu queria ser jogador esse Gastón ia ver o que jogador duro.

  2. Avatar TORCEDOR PILHADO disse:

    Gostei do jogo a partir do primeiro gol. Penso que o Goiás melhorou um pouquinho, mas ainda está longe do ideal, Precisa reduzir o espaço entre as linhas e parar de dar chutão pra ver o que acontece. O treinador precisa posicionar melhor o meio campo e parar com as conduções desnecessárias e perigosas para a defesa. Parabéns ao Yago que cumpriu bem sua parte como zagueiro e ainda ajudou o ataque.

  3. Avatar Lúcio disse:

    Extremamente decepcionado com o futebol do Marlone! Esperava muito desse jogador. O sujeito não dá um passe para os atacantes. Que tipo de meia é esse? O meio dependendo do Léo Sena, que é segundo volante.
    O Yago é melhor que o Rafael Vaz. Nem digo isso pelos gols, mas defensivamente mesmo. É mais rápido e passa mais segurança.
    O Goiânia, depois do primeiro gol, desanimou demais. Time muito diferente daquele do jogo do segundo turno. O teste para o Goiás seria o Atlético que está muito organizado em campo.

  4. Avatar Sebastião Junior disse:

    Saudações Esmeraldinas!

    Fritz, obrigado por informar todos os esmeraldinos em suas postagens.

    Sabemos que você muitas vezes deixa de ver o jogo como torcedor para poder nos passar os dados com mais detalhes.

    Continue assim, precisamos de pessoas como você para continuarmos a debater e tentar melhorar o GEC.

  5. Avatar Gomes disse:

    Não é partida, é jogo. Jogadores e jogadas são derivados da palavra jogo.

    • Avatar Márcio Rosa disse:

      Você está certo Gomes, é a linguagem técnica correta, na verdade usamos “partida” como gíria do meio futebolístico, assim como o cantor Samuel Rosa da banda mineira Skank , usa em sua música. Ótimo domingo a toda nação esmeraldina.

  6. Avatar Aecio disse:

    Infelizmente Brandão ainda eh melhor que o Brenner perna de pau. O Brandão busca mais o jogo, tromba com zagueiro e ajuda a compor o meio campo. Ajuda aí Barbieri pq nosso time fica muito previsível com esse Marlone em campo.
    Quanto ao Leo Sena partidaça tem que renovar o contrato dele antes que saia de graça pra outro time. avejões o futebol dele estilo Artur outro goiano que hj está no Barça
    Abre o olho diretoria e novamente se não for renovar com o David deixa o Yago no lugar dele

  7. Avatar Marcos disse:

    Poderíamos colocar o Yago de Centroavante! E tirar esse cone do Brandão!

  8. Avatar Márcio Rosa disse:

    Foi de uma idiotice sem tamanho, marcar essa partida as 16:00, sob um sol escaldante, insuportável, e pior, toda arquibancada coberta foi destinada a torcida do Goiânia, que era minúscula, a torcida queimando no sol e a parte coberta vazia. Sabemos que a rede Globo tem os direitos nos horários, mas poderia ser as 17:00. Alô FGF inércia, tenta intervir nesses absurdos, as torcidas agradecem antecipadamente. Sobre o jogo, Junior Brandão, assim como Brenner, não dão conta, não tenho nem adjetivos para qualificá-los, por tamanha ruindade, Marlone fez o gol e não vi mais nada, sem querer desmerecer o Goiânia, mas não dá para avaliar o Goiás, diante de tamanha fragilidade do adversário, tudo normal na partida.

  9. Avatar fritzrol disse:

    Fiz o relato do estádio Olímpico, no próprio celular. Pra não perder tempo acabamos adiantando as informações.
    Apenas para constar, a página é de torcedores do Goiás. Não somos “imprensa” e não temos compromisso com informações imparciais. Cada colunista vai expor sua visão.
    Obrigado pelas observações.
    Saudações Esmeraldinas.

  10. Avatar Márcio Rosa disse:

    Rafael Vaz não jogou. Zaga composta por yago e David Duarte.

  11. Estamos na final . Já que a diretoria num da conta de contratar um centroavante. O Yago é o cara certo.

  12. Avatar Carlos Henrique disse:

    Rafael Vaz jogou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!