Léo Condé é apresentado e fala em acesso

O novo treinador esmeraldino já chegou. Confira como foi a entrevista coletiva, relatada pelo Globoesporte.com, em matéria de Fernando Vasconcelos:

000IMG_6298

Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás E.C.

Apesar da má fase e da pressão existente no Goiás depois do péssimo início na Série B, o técnico Léo Condé, de 38 anos, chega com confiança ao time esmeraldino. Depois de anos trabalhando na base do futebol mineiro e de boas passagens por Caldense e Sampaio Corrêa no ano passado, o treinador tem seu maior desafio na carreira profissional. Mas Condé não se assusta com a tarefa que tem pela frente.

Apresentado oficialmente nesta sexta-feira, ele acompanhará o jogo contra o Oeste no estádio Serra Dourada – o time será comandado pelo auxiliar Danny Sérgio. Para o técnico, a oportunidade de dirigir o Verdão não foi por acaso. Léo Condé acredita que se conseguir repetir seus trabalhos recentes o Goiás tem grandes chances de lutar pelo acesso. A vaga na Série A, aliás, é vista pelo técnico como objetivo natural devido à grandeza do clube.

 

 Confira como foi a primeira entrevista coletiva de Léo Condé no Goiás:

Objetivo

– A direção nem precisa passar. A gente sabe a história e a tradição do Goiás. Diferente do ano passado, quando eu estava no Sampaio Corrêa e o objetivo inicial era fugir do rebaixamento, agora a gente tem de pensar no acesso. O Goiás passa por um momento de turbulência. Talvez por isso eu esteja aqui. Mas temos de ir por etapas. Começar a somar pontos para que na virada do primeiro para o segundo turno a gente já possa estar perto dos primeiros colocados.

Desconfiança do torcedor

– Eu entendo, pois já fui torcedor. Com a história do Goiás, a expectativa do torcedor é de ter os melhores jogadores, os mais renomados, o melhor técnico. Minha experiência não é determinada pela idade. Vivo o futebol há 15 anos, não caí aqui de paraquedas. O jogador vai nos respeitar pela forma de trabalho e pelo dia a dia. O torcedor vai nos respeitar de acordo com os resultados. Espero que a gente reaja o mais rápido possível.

Convite do Goiás no ano passado

– Fui procurado pelo Goiás depois da saída do Hélio dos Anjos. Mas na época, eu tinha acabado de assumir o Sampaio Corrêa. Fui vice-campeão mineiro na Caldense e recebi um convite do Sampaio. Nem tinha contrato assinado, mas era a questão da palavra. A gente era responsável por uma reformulação no time. Talvez se fosse o contrário eu também não tivesse saído do Goiás. A diretoria do Goiás entendeu minha postura.

 

Semelhança com a primeira passagem de Enderson Moreira

– A expectativa é fazer um belo trabalho, como o Enderson fez. Às vezes o profissional faz um bom trabalho e os resultados não aparecem. Às vezes os resultados são bons. A primeira passagem do Enderson realmente foi muito positiva. A confiança a gente vai conquistar com o tempo.

Pressão no Goiás

– Sou jovem para a função de técnico, mas milito no futebol há 15 anos. Quando eu cheguei na base do Atlético-MG, o clube também estava na segunda divisão. Sei como é a pressão em um grande clube. O lugar do Goiás também não é na Série B. Vou buscar de forma equilibrada e direta fazer meu trabalho. Estou preparado. Separo bem as coisas, o futebol é um ambiente de cobranças.

Elenco do Goiás, recentes lesões e possíveis contratações

– Como profissional do futebol, eu tento acompanhar o máximo. Sei que tem muitos jogadores aqui que têm história no futebol. Já trabalhei com o Wesley Matos no Tupi-MG. No dia a dia vamos conhecer os demais e ter uma opinião fidedigna. Aí vamos conversar sobre possibilidade de contratação. Existem vários fatores no futebol. Só quem está no dia a dia sabe o que está acontecendo. O Goiás com sua experiência sempre vai procurar fazer o melhor. Por um motivo ou outro, algum jogador pode não ter rendido o esperado ainda, mas isso não impede que ele ainda possa render. O Goiás fez boas contratações.

Maratona de jogos

– No início a gente vai ter de levar muito na conversa, na preleção, mostrar vídeos. Você joga, descansa, faz um treino e já joga de novo. Mas espero o mais rápido possível conseguir impor nossas ideias.

0 Comments

  1. Avatar Johnny disse:

    Esse presidente do Goiás quer mais é que a gente passe mal do coração. Único objetivo dele.

  2. Avatar Johnny disse:

    Esse presidente do Goiás quer mais é que a gente passe mal do coração. Único objetivo dele.

  3. Avatar marcos disse:

    Serie c o diretoria burra sera que nao ve que e melhor gastar dinheiro agora e contratar bons jogadores do que cair pra serie c e perder muito dinheiro tv patrocinio torcida etc

  4. Avatar marcos disse:

    Serie c o diretoria burra sera que nao ve que e melhor gastar dinheiro agora e contratar bons jogadores do que cair pra serie c e perder muito dinheiro tv patrocinio torcida etc

  5. Avatar Adriano disse:

    Eu sei sou Goias Vou contigo a onde for eu sei vou te amar eu nunca vou te abandonar ????

  6. Avatar Adriano disse:

    Eu sei sou Goias Vou contigo a onde for eu sei vou te amar eu nunca vou te abandonar ????

  7. Avatar Torcedor Pilhado disse:

    Não acredito mais no acesso pois o haile e Ediminho trabalharam muito bem para que isso não aconteça. Essa de levar 6 meses pra trocar um treinador que não fez nada pelo Goiás foi uma boa estratégia para que o acesso não aconteça esse ano. O Francis Melo montou um bom esquema pra tirar dinheiro do Goiás. Colocou um preparador físico bem ruim pra ter muita lesão muscular e ele encher o goiás com seus jogadores. Acho muito difícil o Leo Conde dar jeito neste time. Agora é lutar pra não cair. A diretoria continua errando deixando esse ximenes como gerente de futebol e isso é sem dúvida uma das razões pelo Goiás está tão mal na competição. O que resta é rezar pra Deus tirar um pouco de burrice desta Diretoria.

  8. Avatar Torcedor Pilhado disse:

    Não acredito mais no acesso pois o haile e Ediminho trabalharam muito bem para que isso não aconteça. Essa de levar 6 meses pra trocar um treinador que não fez nada pelo Goiás foi uma boa estratégia para que o acesso não aconteça esse ano. O Francis Melo montou um bom esquema pra tirar dinheiro do Goiás. Colocou um preparador físico bem ruim pra ter muita lesão muscular e ele encher o goiás com seus jogadores. Acho muito difícil o Leo Conde dar jeito neste time. Agora é lutar pra não cair. A diretoria continua errando deixando esse ximenes como gerente de futebol e isso é sem dúvida uma das razões pelo Goiás está tão mal na competição. O que resta é rezar pra Deus tirar um pouco de burrice desta Diretoria.

  9. Avatar Torcedor Pilhado disse:

    Esse Ximenes ainda está no Goiás? Oh diretoria r
    uim! Dessa forma é perder mais uma. Tira esse patife daí!!!!

  10. Avatar Torcedor Pilhado disse:

    Esse Ximenes ainda está no Goiás? Oh diretoria r
    uim! Dessa forma é perder mais uma. Tira esse patife daí!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!