Presidente emite nota para responder as exigências da torcida do Goiás; veja na íntegra

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Depois de protestos de duas torcidas organizadas do Goiás, o presidente Marcelo Almeida respondeu e saiu em defesa do elenco esmeraldino, do técnico Ney Franco e explicou o seu ponto de vista durante a carta. Durante nota publicada nas redes sociais, as organizadas do Verdão cobraram mais comprometimento de alguns atletas, volta ao Serra e também para que o treinador tenha mais preocupação com a defesa.

Durante a carta, o presidente reforçou que o clube não tem nenhum problema financeiro com o elenco, que a premiação aos jogadores já está estabelecida e também rechaçou voltar ao estádio Serra Dourada na reta final da Série B.

Confira na íntegra a resposta do presidente:


Prezados representantes da torcida esmeraldina, FJG e União dos Movimentos da Torcida Esmeraldina,

Sinto a energia e amor pelo Goiás em cada gesto e em cada grito que presenciei na festa linda que fizeram no Estádio Olímpico ao longo de todos os jogos, apoiando nosso time! Esse sim é o papel mais bonito e eficaz que o torcedor pode demonstrar em apoio ao clube. Este mesmo sentimento encontrei na carta de protesto que publicaram. Sei que a opinião e pensamento de vocês têm que ser tratados com o máximo respeito e atenção e devem ser amplamente considerados nas nossas análises, mesmo que a decisão tomada não seja a esperada naquele momento.

Vocês representam a voz da torcida, por isso tomei a liberdade de responder diretamente a vocês, com o propósito de fazer alguns esclarecimentos e fornecer algumas informações que entendo serem pertinentes para o momento, eliminando assim qualquer especulação ou ruído que possam surgir.

Entendo perfeitamente o anseio de vocês por não perdermos mais pontos num momento tão decisivo na Série B. Os 3 anos seguidos na segunda divisão do Campeonato Brasileiro têm feito o nosso coração sofrer. O nosso início na competição deste ano foi muito difícil, e tenho certeza que ligou o sinal de alerta em todos nós. Porém, em se tratando do futuro do Goiás, do caminho que temos que tomar, é necessário que a razão fale mais alto do que o coração. E é com a razão que eu peço que vocês analisem os pontos abaixo.

Nos bastidores do Goiás tudo é tratado com muita seriedade e respeito. Nenhuma decisão é tomada de maneira leviana e muito menos unilateral. Sobre o assunto premiação já foi definido com os jogadores a quantia que o clube vai oferecer para a conquista do acesso. Na reunião os atletas ficaram satisfeitos com o que foi acordado, não havendo, em momento algum, nenhum tipo de tentativa de renegociação de valores ou algo do tipo. Este é um assunto pacificado dentro do clube. A situação do Goiás no campeonato está longe de ser a ideal para o momento, mas também não é crítica. Não podemos instalar uma crise nessa fase da competição. É justamente por ainda não termos nossa situação definida, que não podemos começar agora um planejamento para 2019. Como definir renovação, renegociações de contrato, se ainda não temos confirmado o acesso à Série A? Baseado nisso foi acordado com os jogadores que o assunto renovação só seria tratado com o grupo inteiro após ficar claramente definida a nossa participação na Série A no ano que vem. O Goiás Esporte Clube até agora NÃO RENOVOU com ninguém. O grupo NÃO está rachado. Ainda não houve sondagens para que NENHUM atleta fique para o ano que vem. O Estádio Serra Dourada, palco de tantas conquistas esmeraldinas, não está esquecido. Este ano as coisas não deram certo por lá na série B. No início do Brasileiro passamos por jogos difíceis e momento de cobrança que infelizmente aconteceram no Serra Dourada. Por esta razão nos reunimos todos: diretoria, presidência, comissão técnica e jogadores, e ouvindo o pensamento de todos, tomamos a decisão conjunta de atuar no Olímpico, local em que nossa equipe estava tendo melhor desempenho, onde viramos a maré de resultados do Goiás na competição. Jogadores e a Comissão técnica se sentiram mais à vontade no Olímpico e por isso a permanência de nossos jogos lá. O Serra Dourada não está descartado, mas dependemos do encaminhamento de resultados, para quem sabe realizarmos ainda uma grande festa no maior palco do futebol goiano. Temos um elenco unido e que “deu conta do recado” até este momento. Claro que nem sempre o rendimento do grupo foi o que todos esperávamos. As cobranças, ao grupo ou individuais, são feitas internamente. Se os resultados não estão acontecendo todos tem sua parcela de responsabilidade. Se um não vai bem sobrecarrega o outro e assim sucessivamente, prejudicando o esquema de jogo e todo o resultado. Mas foram estes os jogadores que sofreram no início do Campeonato e que viraram o jogo, nos tirando da última colocação e nos levando ao G4, e são nestes mesmos em quem confiramos para fazer dessas últimas 5 partidas as mais importantes de suas vidas. Ney Franco merece demais nosso apoio e paciência. Os últimos tropeços não podem tirar de nós a memória de uma impressionante reação do Goiás desde a chegada do Ney. Isso não o torna infalível, claro, e também não o exime de responsabilidades. Na última partida ele foi o primeiro a admitir responsabilidade pelo insucesso. Mas não nos esqueçamos, como o Ney no comando foram 29 jogos: 16 vitórias, 4 empates e 9 derrotas. Nosso professor está todos os dias no comando da equipe, conhece o dia-a-dia de cada jogador e só ele pode escalar e saber a razão de cada decisão. Podem ter certeza de que o trabalho dele e toda comissão é muito sério e cheio de critérios, tudo para que o melhor resultado sempre aconteça dentro de campo e consiga levar o nosso time ao melhor lugar.

Por favor confiem no trabalho que estamos realizando. Temos profissionais muito sérios lutando pelo Clube. Nos dêem o crédito para resolver com seriedade e profissionalismo quaisquer problemas que surgirem, pois, sem atropelos e com discrição estamos fazendo tudo o que é necessário. Muita coisa que é dita e publicada tem o propósito único de desestabilizar nosso ambiente. O momento é de união e apoio. Temos um campeonato de 5 partidas pela frente. Temos que nos blindar de interferências externas.

Sei que estarmos criando uma nova forma de comunicação, mais direta, objetiva e respeitosa entre o clube e a torcida. Tenho fé de que nossa administração será marcada por essa grande aliança que estamos estabelecendo, e que isso nos gerará sucesso dentro e fora do campo.

Tenham paciência e resolveremos tudo, com habilidade, energia, hierarquia e, acima de tudo, amor e respeito ao Goiás e a você torcedor.

Um forte abraço esmeraldino a todos,

Marcelo Almeida
Presidente Executivo

7 Comments

  1. Avatar Cláudio disse:

    Reclamando com falta de dinheiro se foi , essa diretoria q jogou fora tanto dinheiro pro ralo com jogadores refugos…fala sério, com uma estrutura e uma torcida dessa, não conseguir um acesso mais fácil de todos os anos, tão de brincadeira, aqui é Verdão se não aguenta a pressão vai pro panetone, lá não se ganha título e fica tudo por isso mesmo.

  2. Avatar Leone Bento Vieira disse:

    Conversa fiada como e atitude nenhuma quero ver o que senhor vai falar porque ele estava na gestão do antecessor que nem o nome quero falar,se perder para Criciúma se repetir esse futebol de quem não quer nada perde só senhor como sempre não vê nada mesmo tem 3 anos na serie b e bem que não vai ter mais verba,quero ver gastar dinheiro com tanta incompetência sai do Goiás e leva os notáveis junto com sua pessoa,você acho nos torcedores somos bobo,torço pro Goiás desde 1971,E vejo que este Time não tem comando nem fora nem dentro campo,O senhor vai cair junto com seus notáveis,se vocês perderem pro Criciúma.

  3. Avatar Gilberto Barros disse:

    Nesse angu tem caroço. Para o presente responder a torcida organizada é porque ele está desesperado. É lógico que o grupo está rachado, não sei o motivo, mas é muito sério. Diretoria fraca, fraquissima, incompetência é pouco para descrever tantas burradas cometidas ao longo dos anos. Do Raimundo Queiroz para cá só pessos incompetentes dirigiram o Goiás!!!

  4. Avatar Ary disse:

    Infelizmente tbem estou na linha dos que não acreditam mais…….O jogo contra o Avaí era fundamental a vitória…

    Acredito que perderemos em Crisciúma!!

  5. Avatar João (Canarana-MT) disse:

    Além de não querer subir perdeu pro Avai assim dificulta mais para os outros concorrentes goiano.

  6. Avatar Valdeci Silverio dos Santos disse:

    Este ano, tchauuu…!!!! série A.

  7. Avatar Mirosmar Cardoso disse:

    Não vai subir…….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!