Presidente fala sobre o Serra Dourada e estuda alternativas para mandar os jogos do Goiás no Brasileirão

Foto: Rosiron Rodrigues/ Goiás EC

Em entrevista para a Rádio Sagres 730, o presidente Marcelo Almeida estuda alternativas mandar os jogos do Goiás quando começar as obras da Nova Serrinha. A partir de abril, o clube não poderá mandar seus jogos no estádio Hailé Pinheiro por conta do regulamento do Brasileirão, que exige capacidade mínima de 12 mil pagantes.

Caso não dê para mandar os jogos na Serrinha, o plano A será o estádio Serra Dourada. Mesmo assim, o presidente teme em mandar os jogos do Verdão no estádio por conta das condições e a estrutura.

“O cenário ainda é muito obscuro. Temos este problema do Serra Dourada e não sabemos como vai ser. Eu estive com o secretário de esportes e ele nos prometeu empeno para colocar o Serra em condições favoráveis. Tudo é muito complexo”, diz.

Caso as reformas no Serra Dourada não aconteçam, o Goiás avalia colocar arquibancada móvel na Serrinha para ampliar seu estádio. Na análise de Marcelo Almeida, o secretário de esporte do Estado garantiu que vai tomar as medidas para arrumar o estádio do Serra.

“Temos de pensar em vários cenários. Caso o Serra não ofereça condições, o que eu não acredito que vai acontecer porque o secretário de esporte me garantiu que vai tomar as medidas necessárias. Se não der para jogar no Serra, eu prefiro a Serrinha ao Olímpico. Arquibancada móvel é algo simples, coisa de 10, 15 dias. Repito que isso não é o meu plano A, mas precisamos de alternativas. Fica difícil ter um plano definido, mas espero que nos próximos 15 dias a gente tenha uma situação mais contundente do secretário de esportes para ver qual atitude vamos tomar”, finalizou.

7 Comments

  1. Avatar Aecio disse:

    Acho que está com medo de jogar no Serra pq o Goiás desaprendeu a ganhar jogos lá….
    espero que o Barbieri ensine um pouco de gestão a nossa diretoria amadora

  2. Avatar Márcio Rosa disse:

    Natan eu pensei exatamente isso, não vai começar a ampliação da serrinha em abril? essa conversa mole desse presidente meia tigela , é coisa de amador,
    desanima qualquer torcedor. Quando a gente começa a entusiasmar, vem assuntos babacas como esse. Dr Marcelo Almeida, o Goiás não é a sua clínica do esporte, presta atenção e deixa de falar asneiras, jogos da série A de grande porte é no serra dourada , se for times sem expressão nacional, usa o olímpico, deixa de ser inconsequente, observe o que o Carlos Antônio falou, não vá colocar a vida dos outros em risco. Só puxa saco para defender essa idiotice de arquibancada móvel.

  3. Avatar Natan Pompeu de Siqueira disse:

    não entendo! como jogos na serrinha! pelo que entendi, eles vão começar a construção do novo estádio, ou não vão. será que é só conversa fiada?

  4. Eu acho que não existe Plano B nem C. Campeonato Brasileiro contra grandes equipes, só temos o velho Serra Dourada. Fui a um jogo no Olímpico, AtléticoX Palmeiras. Nunca mais encaro uma aventura dessas e, temos de considerar que nosso co irmão Atlético possui um arremedo de torcida. Como seria Um GoiásXFlamengo no Olímpico? Quanto a esse papo de arquibancada móvel na Serrinha, isso é ideia de jerico. Coisa utilizada em rodeios, não é compatível com uma equipe da Capital que está na série A.
    Nos resta apenas o plano A: SERRA DOURADA. Se virem nos trinta.

  5. Avatar Carlos disse:

    Esse cara é um verdadeiro picareta, eles querem jogos na serrinha pq criaram aquela área vip pra eles com ar condicionado e comes e bebes por conta, para o torcedor assistir jogo na serrinha é uma merda, sol, chuva, qnd colocam a faixa ninguém vê nada, estacionar la perto do Hugo, se essa diretoria tivesse vergonha na cara voltava pro serra

  6. Avatar Carlos Antonio de Souza disse:

    ARQUIBANCADA MÓVEL??? ISSO É CORRER RISCO DESNECESSÁRIO!!! NESSE CASO O OLÍMPICO É MUITO MELHOR E MAIS SEGURO!!!

    Pense melhor senhor Presidente, prá que correr riscos desnecessários? Tanta coisa ruim acontecendo, o senhor já pensou se por um capricho do destino essas arquibancadas móveis forem motivo de um grave acidente? E se esse acidente motivar vítimas fatais? Prá que colocar seu CPF em jogo? E pior, prá que arriscar ser réu em processo um penal coletivo?

    Pois pense bem senhor Presidente: se algum acidente fatal acontecer, não será só a instituição Goiás Esporte Clube que poderá responder pelos prejuízos causados., pois com certeza o Ministério Público irá prá cima dos responsáveis pela instalação dessas arquibancadas!!!

    O seguro morreu de velho!!! E o paliativo nunca foi o remédio certo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!