Depois de um primeiro jogo, onde parte da torcida se mostrou insatisfeita, principalmente com o Kleina, e a outra parte entendeu as limitações físicas e de entrosamento de um primeiro jogo de temporada, hoje temos um novo combate na Serrinha.  Enfrentaremos o Rio Verde do experiente brasileiro, naturalizado polonês, Roger Guerreiro.

O que se esperava desse Goiás de hoje, era uma reposição natural de peças, colocando Toró, ou no mais extremo caso o Patrick, no lugar do suspenso (injustamente, diga-se de passagem) Victor Bolt. Mas fomos surpreendidos pela notícia de que Walter substituirá Bolt, jogando assim num 4-3-3 bastante ofensivo, com apensas um volante de ofício. Mas qual a implicação desta alteração?

Com a entrada do Walter, por mais que seu condicionamento físico seja pífio, ganhamos muito em qualidade técnica.  Por mais que essa função de meia-atacante, atuando mais com Gamalho à frente, que é proposto que ele exerça hoje, tenha se mostrando pouco eficiente no ano passado, o jogador tem muita inteligência e pode dar certo. Outra implicação é que jogaremos só com o volante Bambu, que não tem a sua melhor qualidade como marcador, onde acredito que teremos a recomposição apoiada pelo maratonista Carlos Eduardo e o meia Léo Sena. Teremos também uma linha de 4 defensores bem postada e subindo bem pouco para auxiliar na marcação. O time vai perder e muito em poder defensivo, apostando na tática que a melhor defesa é o ataque. Com Jean Carlos distribuindo bola para Walter e Gamalho, temos esperança de gols.

O time do Rio Verde que na quinta-feira, 26/01/2017 não tinha nenhum jogador inscrito na Bid, estando ameaçado de não jogar o campeonato, deu trabalho para o time do CRAC no Domingo, 29/01/2017, chegando a estar à frente no placar, é um time que pode surpreender no campeonato. Hoje é um bom dia para que os questionamentos a respeito do Gilson Kleina caiam por terra ou es estabeleçam, deixando a torcida mais inquieta ainda com a sua manutenção.

PS: Poderemos ter também a entrada do Tiago Luiz no lugar de Carlos Eduardo ou do Walter no segundo tempo, algo que acredito eu, deixem todos os torcedores ansiosos e esperançosos.

lucas
lucas
Autônomo , pai e esposo apaixonado pelo Goiás.

3 Comments

  1. Avatar JOP disse:

    Sou crítico quanto ao amadorismo (junto com teimosia) da diretoria, mas tenho que reconhecer que há muito tempo não víamos o Goiás forte do meio pra frente. Essa formação com dois meias e três atacantes pode expor um pouco a defesa, mas fortalece muito o ataque.
    Gosto dessa ideia de ousar em jogos do Goianão pra buscar uma formação menos retranqueira nas outras competições.

  2. Avatar didi disse:

    Esse esquema aí chama BUMBA-MEU-BOI, parece time de várzea no final da pelada, todos pro ataque igual índio. Coisa de técnico burro.

  3. Avatar Brayan disse:

    Acho Kleina fraco, não consegue substituir bem quando necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

slug; } $pageCategories = implode(',', $cats); } elseif (is_archive()) { $pageType = 'listing'; $cats = array(); foreach((get_the_category()) as $category) { $cats[] = $category->slug; } $pageCategories = implode(',', $cats); } ?>
error: Content is protected !!