Walter leva ‘chamada de atenção’

Ídolo do Goiás em 2012 e 2013, desde quando chegou ano passado, o status ainda não vingou novamente. Lesão, jogos apagados, algumas poucas jogadas somente. Tudo parecia encaminhar para um bom 2017, mas o ganho de peso e um problema no joelho por conta disso parecem estar alterando o caminho da glória de Walter.

O ano começou com o atacante acima do peso, e até hoje inicia partidas do banco. Para piorar, estima-se que o jogador ao invés de perder peso, acabou ganhando uns ‘quilinhos’ a mais, passando a barreira dos 100kg e ainda forçando cada vez mais o joelho de quem não é mais um garoto.

Cobrado por isso, e sem resultados, agora foi a vez do mandatário máximo do Goiás, Hailé Pinheiro, chamar o jogador para conversar. Como foco da conversa, o atacante ouviu que era importante para o clube e para a história, mas que precisa se dedicar mais principalmente no que tange a forma física. A informação é do repórter André Rodrigues (Rádio 730).

A torcida já perdeu a paciência, e alguns poucos somente ainda confiam na recuperação do jogador, que já dá sinais de que se incomoda com tal fato. Agora, com ‘broncas’ desde o preparador até o mandatário máximo, cabe ao atleta definir se quer mesmo se comprometer com o belo ano que espera o clube, ou se deseja cair no esquecimento, apenas dando um ‘rombo’ aos cofres do Goiás.

3 Comments

  1. Avatar Divaldo disse:

    Um bom pedreiro madruga todos os dias e trabalha o dia inteiro pegando no pesado o ano inteiro , e não alimenta bem, não tem psicólogos , ganha pouco, é magro e saudável . Esses filadaputas manhosos que são piores que cachorrinhos de madames, ganham o mundo de dinheiro, exigem tudo e o mundo, tem toda malandragem a utilizar , reclamam de tudo e ainda tem idiotas pra pagarem um mundo de grana pra esses
    Filadaputas que não tem compromisso com o que fazem, que não considero trabalho, ganham muita grana se divertindo e mantendo a saúde e a forma física , tem tudo de bom e do melhor. Acho que deveriam estudar um menor salário pra esses filadaputas que não querem nada com o compromisso que os clubes fazem com eles e abaixarem seus ganhos pra ver no que daria. Os bons vendedores, se não venderem não ganham, se negociarem seus preços perdem parte de suas comissões! Então porque esses filadaputas quando não querem nada com nada não são penalizados com nada?
    Tem um ditado antigo que diz que todos os dias saem de casa pra negociarem, um tolo é um espertalhão e eles sempre se encontram e dão negócios ! Imaginem que é o mais correto o que diz esse ditado.

  2. Avatar Luciano disse:

    Walter não dá conta sozinho. Precisa deixar ele concentrado 7 dias por semana no Goiás com alimentação regrada, light e pouca. Com acompanhamento 24 horas dentadas alimentações. Além de tratamento físico intenso (evitar lesões), psicólogo, etc. Senão todo mundo sabe que não vai emagrecer. E consequentemente não vai jogar no nível que foi contratado.
    Se o Goiás achar que isso é exagero, a melhor coisa que o Goiás e o próprio Walter pode fazer é rescindir o contrato.
    Pro Goiás, pra economizar a bolada até o final do ano.
    Pro Walter, pra evitar as críticas e pressões pesadas que podem vir.

  3. Avatar beto queiroz disse:

    Acho que nada que falarem ou fizerem vai adiantar, o proprio Walter sabe que eles ano vao mandar ele embora, e ele gordo ou nao ele vai continuar aqui ganhando dinheiro mesmo sem jogar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!