Adson prega respeito ao Goiás e dispara: “Temos que jogar mais”

Foto: Divulgação/ACG

Após o Atlético-GO abrir boa vantagem contra o Goiás Esporte Clube no jogo de ida da grande final do Campeonato Goiano, o clima dentro do clube rubro-negro não poderia ter ficado melhor. Já a Serrinha, está rodeada por críticas, dúvidas e incertezas. De qualquer forma a vantagem de 2 a 0 é boa, mas não irreversível. Quem confirma isso é o próprio presidente atleticano, Adson Batista.

Adson comenta vitória sobre o Goiás

Goiás
Foto: Divulgação/ACG

Após a partida, o presidente do Atlético-GO, Adson Batista, falou sobre o resultado do jogo. O dirigente rubro-negro diz que o Atlético precisa respeitar o rival e lembrou que, na última semana, o Verdão reverteu vantagem do Cuiabá pela Copa Verde.

Eles reverteram a situação e ganharam de dois do Cuiabá, uma equipe de Série A. Temos que ir lá e jogar mais. É clássico. Você nunca mata jogo, nem ganhando de três. Eles tem uma equipe muito boa, um bom treinador, uma equipe muito competitiva. Nós temos que ter muito cuidado com tudo isso. A gente espera jogar nesse nível para melhor na Serrinha. Respeito o Goiás. É o maior adversário que nós temos aqui – disse Adson.

O presidente atleticano também elogiou o grupo de jogadores e o trabalho do técnico Mozart Santos.

Foi um grande jogo, ganhamos de 2 a 0, mas poderia ser 2 a 2, 3 a 3. O Atlético-GO foi mais feliz e nosso goleiro fez grandes defesas. O Mozart conhece grupo. Foram fantásticas essas duas semanas para ele conhecer os jogadores. Foram semanas de muito trabalho e fundamental para esse resultado. Há muito tempo não vejo uma final com essa intensidade – avaliou.

Leia Mais:

Deixe um comentário