Opinião: O Jejum do Goiás acabou, o primeiro título da nova gestão

Foto: Divulgação

Enfim, podemos gritar “é campeão”! A nova gestão prometeu muito, e dessa vez alcançamos o sucesso desejado.

Quando assumiram o time em 2020, deixaram de lado o Campeonato Goiano daquele ano, que acabou sendo disputado em 2021, e também o de 2021, tudo isso com o objetivo de levar o Goiás de volta à Série A.

Em 2022, sofremos derrotas em casa, tanto no Goiano quanto na Copa Verde.

Já em 2023, conquistamos vitórias em casa, mas também sofremos derrotas. No entanto, a Copa Verde veio para nós. O torneio que parecia pouco para o Goiás acabou se tornando muito.

A Copa Verde era uma obrigação para o clube, afinal, não havia time maior que o nosso. E assim foi, o título veio para coroar nossa campanha.

E quis o destino que o personagem principal da Copa Verde fosse um jogador que sempre foi criticado por nós: Maguinho, lateral que fez o gol da classificação para a final, fez gol na final e jogou muito nos dois jogos, é o personagem deste título.

E o Goiás, de quebra, é o único time do futebol goiano que chegou na final e foi campeão.

Que em 2024 possamos evitar mais vexames, pois o clube já está acostumado com eles.

Enfim, podemos gritar “é campeão”, afinal, título é título, e ser campeão é algo realmente maravilhoso e eu estava com saudades!

A opinião de um artigo assinado não reflete necessariamente a opinião do site, é o ponto de vista exclusivo do autor que elaborou o artigo.

Deixe um comentário